A Paraíba o tempo todo  |

Jeová defende qualificação em Pólo de Confecção

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O deputado estadual Jeová Campos (PT) sugeriu ontem (18), durante reunião pela manhã, com a secretária de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), Giucélia Figueiredo, e técnicas do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate a Fome (MDS) que o Governo da Paraíba celebre um convênio com o MDS para qualificar o pessoal do cadastro único do bolsa família, especialmente, os que residem no alto sertão com vistas a qualificação da mão-de-obra que será utilizada no Pólo de Confecção do Sertão. A proposta foi bem recebida pelas representantes do Ministério que se prontificaram a encaminhar o pleito ao ministro Patrus Ananias.

O parlamentar petista argumenta que esse seria um primeiro passo rumo a consolidação da implantação do Pólo de Confecção do Sertão. “Eu propus um convênio de inclusão produtiva para formação de mão-de-obra qualificada direcionada para aproveitamento no Pólo de Confecção, haja vista que essa será uma das primeiras e mais importantes etapas rumo a consolidação deste projeto”, afirmou o deputado.

Segundo Jeová Campos só na região de Cajazeiras existem, atualmente, cerca de 3.000 pessoas comercializando confecções, compradas em Santa Cruz do Capibaribe (PE) e outras cidades pernambucanas, e com a implantação do Pólo essa realidade mudará drasticamente. “Estas pessoas deixarão de ser meras atravessadoras de mercadorias e passarão a ser produtoras das confecções, gerando emprego e renda na região e movimentando com isso não apenas a economia local, mas regional”, destaca o deputado, lembrando que essa proposta de qualificação da mão-de-obra focada no setor de confecções é um passo fundamental para que o projeto seja colocado em prática e tenha êxito. “Sem qualificação não há como dar andamento ao projeto, ela é a base de tudo”, conclui o parlamentar.

 Com Assessoria

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe