Aprendi que não se atira pedras quando se tem teto ou telhado de vidro. Depois das denúncias das atas falsificadas do PSB feitas pelo deputado Guilherme Almeida, agora quem está sob a mira e holofotes do outro lado da notícia, é o antes acusador. De mocinho, com sua metralhadora e pousando de paladino da moralidade Campinista, agora é acusado de ter fraudado sua prestação de contas no TRE.

Quem acusa é nada mais nada menos que o próprio empresário Erton Linhares.

Após denunciar o deputado Guilherme Almeida, de ter fraudado a prestação de contas de campanha ao Tribunal Regional Eleitoral incluindo em suas despesas a nota fiscal fria da empresa Linhares & Prudêncio, Erton voltou a confirmar e a responder o deputado, que na manhã de ontém desmentiu no Clickpb , as denúncias veiculadas no Blog do Clilson e no Blog do Dércio.

Segundo o deputado Guilherme Almeida, Erton Linhares deveria denunciar ao ministério Público.

Em contato com Blog do Clilson, o empresário deu entrevista gravada. Além de confirmar todas denúncias contra o deputado, Erton adiantou que tudo já foi denunciado no Ministério Público.

Resumindo, este caso da ATA no PSB e agora da NOTA FRIA de Guilherme, trata-se mesmo de um sujo falando do mal lavado.

A expressão “telhado de vidro” remete a falhas comprometedoras que deixam as pessoas como Guilherme Almeida, vulneráveis.

Por falar em ATAS e NOTAS … Têm mais história sobre ATAS na Paraíba.

Tem pessoas que adoram reincidir nos mesmo crime.
.
 

 

 


 

ENTREVISTA COM ERTON LINHARES

 

                  

PURO VENENO – PURO VENENO – PURO VENENO – PURO VENENO – PURO VENENO – PURO VENENO

NA CÂMARA MUNICIPAL DE SANTA RITA TEM VEREADOR MACONHEIRO?

Lembrei agora que em setembro de 2008, a juíza da 2ª Zona Eleitoral Ângela Coelho de Salles responsável pela comarca de Santa Rita, falou no programa “Balanço Total” de Batista Silva na Tv Miramar, que traficantes e candidatos estariam distribuindo droga em troca de votos, nas eleições de 2008. Na época a Juíza se revelou preocupada e aflita diante da possibilidade que o tráfico de drogas viesse interferi na vontade do eleitor. Dizia ela que as investigações estavam adiantadas no sentido de identificar quem seria os candidatos/traficantes

Agora uma boa pergunta para a Juíza Ângela Coelho de Salles: Quantos traficantes/maconheiros foram eleitos na cidade de Santa Rita? Qual a conclusão das investigações? 
 

O Povo quer saber !

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro comenta postagem sobre esposa do presidente da França e é criticado

Jair Bolsonaro fez piada nas redes sociais com o fato da esposa do presidente francês, Emmanuel Macron, Brigitte, ser 24 anos mais velha que ele. No Facebook, um seguidor postou…

Trabalho infantil atinge 60 mil jovens na Paraíba, aponta pesquisa

  O problema do trabalho infantil na Paraíba atinge atualmente, 60 mil crianças e adolescentes com idade entre 5 e 17 anos que realizam algum tipo de trabalho. O número…