A Paraíba o tempo todo  |

Governo vai subsidiar casas para cidadão de baixa renda, diz Dilma

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, afirmou nesta quarta-feira (11) que o governo irá subsidiar moradia para cidadãos de baixa renda dentro do novo programa de habitação que o governo está preparando. Ela tomou café da manhã com a bancada do Nordeste no Congresso Nacional.

Dilma afirmou que o subsídio será dado diretamente ao mutuário e será feito de forma “pesada” para quem ganha até três salários mínimos. “Você não pode financiar uma casa para quem ganha até três salários mínimos, a não ser que eles não vivam porque só vão pagar a prestação. Como não concordamos com isso, fizemos um programa que vai subsidiar sim a habitação, e de zero a três salários mínimos de forma pesada”.

A ministra disse que não é possível a estes cidadãos pagar prestação de uma casa “decente”. “Quem ganha um salário mínimo não paga uma casa minimamente decente, de 35 a 40 metros quadrados. Então, vai ser subsidiada sim”.

Ela afirmou também que os mutuários de baixa renda do novo plano só começarão a pagar as prestações após receberem as chaves do imóvel. A ministra falou em “prestação simbólica” para as classes mais baixas, mas afirmou já ter ouvido de alguns governadores que seria melhor não cobrar nada porque o custo da própria cobrança seria muito alto.

Dilma enfatizou que o governo federal tem condições de tocar o programa com recursos próprios. “Os governos estaduais podem ajudar para abaixar a prestação, mas o programa fica de pó só com recursos do governo federal, que virão do tesouro e do FGTS”.

Segundo a ministra, além de reduzir o déficit habitacional, que ela estimou em 7,5 milhões de famílias, a intenção é gerar empregos. Por isso, segundo ela, a intenção é acelerar a construção para entregar as primeiras residências em onze meses.

 

G1

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe