A GEVISA (Gerência de Vigilância Sanitária) da Prefeitura de Campina Grande inicia a partir desta quarta-feira, 15, pela manhã e à tarde, a Ação Gevisa Natal 2010, que vai realizar inspeções nos estabelecimentos comerciais que vendem produtos consumidos na ceia natalina, como panetones, queijos, defumados, vinhos, frutas secas, chesteres, perus e frios em geral. A ação será realizada devido à proximidade das festas de final de ano, quando aumenta o consumo destes produtos, e prossegue até o dia 21, de acordo com um cronograma elaborado pelo órgão, que deve inspecionar 50 estabelecimentos comerciais, entre supermercados, mercadinhos e mercearias.

 

Os primeiros bairros a serem visitados pelos inspetores sanitários da GEVISA serão Catolé e José Pinheiro. A ação Gevisa Natal 2010 prossegue na quinta-feira, quando os estabelecimentos visitados serão os localizados no Centro e nos bairros do Alto Branco e Santo Antônio. Na próxima semana, os bairros visitados serão Cruzeiro e Jardim Paulistano na segunda-feira e Palmeira e Prata na terça-feira. O objetivo da ação, de acordo com a gerente da Vigilância Sanitária, Marisa Agra, avaliar a qualidade dos serviços e produtos comercializados, visando à prevenção de agravos à saúde da população e garantindo que ela leve para os seus lares produtos aptos ao consumo.

 

De acordo com Marisa Agra, também é muito importante a colaboração de toda a população, que deve estar atenta, sobretudo aos alimentos que estejam em promoção. A Vigilância Sanitária também orienta sobre alguns cuidados que podem ser tomados pelos consumidores no momento da compra dos alimentos, como o rótulo, que deve estar íntegro, sem manchas e com as letras legíveis, além da data de fabricação e validade. No caso das margarinas, manteigas, frios e iogurtes, estes produtos devem ser expostos à venda sob refrigeração, com exceção da manteiga acondicionada em latas.

 

Os alimentos expostos como pães, bolos, bolachas e frios devem estar protegidos da manipulação do cliente, de poeira, do sol e de insetos; as embalagens em lata devem estar intactas e as embalagens em papel ou plástico devem conter etiqueta com data de fabricação e prazo de validade; não devem estar violadas, mofadas, úmidas e com etiquetas rasuradas.

 

Para quaisquer dúvidas, sugestões, reclamações, dúvidas e denúncias, a população pode ligar para os números da GEVISA: (83) 3310-6222 e (83) 3310-6178, ou ir pessoalmente à sede do órgão, que fica na Rua Siqueira Campos, 605, bairro da Prata, no prédio do Serviço Municipal de Saúde (antiga Casa de Saúde Dr. Brasileiro).

 

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Análise – Ricardo Coutinho terá, no mínimo, um papel importante no processo sucessório na Grande João Pessoa

Desde que a Sexta Turma do STJ, quase que por unanimidade, decidiu que o ex-governador Ricardo Coutinho deveria permanecer em liberdade, na Capital e no resto do Estado a pergunta…

Opinião: se achando acima da lei, deputado Walber Virgolino faz ameaça a este colunista

O deputado estadual Walber Virgolino (Patriotas) é aquela pessoa do bem, mas confunde a prerrogativa de delegado de polícia, profissão, diga-se, muito honrada, com a de homem público, infringindo, no…