Apesar da vontade do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de querer beneficiar um de seus filhos, pelo fato de ser filho, como novo Embaixador do Brasil nos Estados Unidos da América, o deputado federal Julian Lemos, que também é presidente estadual do PSL na Paraíba, tem dado declarações no sentido inverso e tratado a indicação do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL) como um momento inapropriado.

A estranheza na declaração acontece porque Julian é considerado um ferrenho aliado do presidente na Paraíba.

“Todo mundo sabe o respeito que eu tenho ao presidente, mas eu acho o momento inapropriado. Se dependesse da minha opinião eu acharia que o momento não é propício a isso”, disse Julian destacando que não é contra a indicação do nome de Eduardo, mas se o presidente pedir seu apoio, vai aconselhar a não indicar seu filho para essa embaixada.

Meses atrás Julian teve desentendimentos com o vereador carioca Carlos Bolsonaro que é outro filho do presidente. Na oportunidade Julian cutucou Carlos: “Nunca tive problema com ele, sou amigo do pai dele e o menino ficou chateadinho pela minha projeção ao lado do seu pai”, disse o parlamentar do PSL.

 

As declarações do parlamentar foram dadas em entrevista ao programa na TV Master, na noite dessa segunda-feira (22).

 Veja:

Redação

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

SOS Transposição: Gleisi confirma presença e pede união contra Bolsonaro

A deputada federal e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, divulgou vídeo nesta segunda-feira (19) convocando à população a se unir contra a política de destruição do governo Bolsonaro e…

Nabor defende união de forças da classe política após renúncia de prefeito de Patos

Após a renúncia ao cargo de prefeito pelo interino Sales Júnior, no município de Patos, o deputado estadual Nabor Wanderley destacou a necessidade de união em prol da cidade. Sales…