Defensor intransigente do projeto socialista, o atual presidente municipal do PSB em Campina e assessor do governador, Fábio Maia, pode ser substituído nos próximo dias do comando da legenda. Circula nos bastidores da política que o recém filiado Arthur Bolinha assumirá o comando da legenda em Campina,  machucando assim, uma das pétalas do "girassol" campinense.
Bolinha que é ex-candidato a prefeito de Campina pelo PTB em 2012, adentrou ao projeto socialista recentemente no balanço de filiações anunciado pelo PSB.

A perspectiva é que ele assuma mesmo o comando do PSB na Rainha da Borborema, substituindo o professor Fábio Maia, que preside o partido muito antes do processo eleitoral de 2010.
Fábio que já foi substituído da Secretaria de Esportes e Lazer do Estado e do comando da Secretária de Interiorização do Governo do Estado, pelo ex-prefeito de Cajazeiras Carlos Antônio.

O empresário Arthur Bolinha, presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado da Paraíba e ex-candidato a prefeito em Campina Grande, deixou do PTB por não aceitar a nova direção do partido presidido pelo ex-senador Wilson Santiago.

Bolinha, que presidiu o PTB na cidade, explicou que já havia superado as mágoas do passado, quando teve que ir à Justiça para sustentar a sua candidatura em Campina Grande. No entanto, não estava mais com clima para permanecer na legenda.
Dono de três por cento dos votos válidos na última eleição, Bolinha revelou que foi convidado pelo prefeito Romero Rodrigues para ser secretário municipal, mas não aceitou. E voltou a negar notícias que informavam ter sido também convidado a assumir uma Pasta no Governo do Estado.

PBAgora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Especialista paraibano acredita que privatização dos Correios pode ser um desastre

A decisão do governo do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL), no último dia 21.08 de que os Correios estariam entre as nove empresas que estão no Plano Nacional de…

Bolsonaro comenta postagem sobre esposa do presidente da França e é criticado

Jair Bolsonaro fez piada nas redes sociais com o fato da esposa do presidente francês, Emmanuel Macron, Brigitte, ser 24 anos mais velha que ele. No Facebook, um seguidor postou…