Por pbagora.com.br

O deputado federal Efraim Filho fez uma breve análise a respeito do momento interno do diretório do PSB na Paraíba. A sigla atravessa uma crise envolvendo suas principais lideranças no estado, o governador João Azevêdo e o ex-governador Ricardo Coutinho. Para Efraim, política se faz com opiniões distintas e debates de idéias.

Para o parlamentar, o debate político envolvendo RC e João não repercute de forma negativa nacionalmente para a Paraíba. Segundo ele, RC tem suas opiniões claras sobre a política atual, já as expressava durante seu governo e agora não será diferente.

– Isso é natural. A política, ela é naturalmente a disputa por espaço e isso está bem claro e é o que justifica esse atrito que existiu. Mas eu acho que não traz prejuízo. Ricardo tem se posicionado politicamente, no seu campo, tem feito as suas falas as quais respeito e sempre foi assim durante o seu governo e agora que está afastado segue da mesma forma.

Já o atual governador, precisa além de tudo administrar um estado e para isso é necessário estabelecer relações e fazer articulações que tragam desenvolvimento à Paraíba.

– João tem feito gestão e deixou claro seu recado desde o começo: ‘Eu não vou entrar na vida política para não ter a oportunidade de dialogar com o Governo Federal que tem muito a ajudar a Paraíba’.

Efraim destaca que são opiniões diferentes e cada um deverá avaliar quem está certo.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

“Medidas duras, porém necessárias”, diz líder de Cícero na CMJP sobre decreto

O líder do prefeito Cícero Lucena na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), o vereador Bruno Farias, avaliou o decreto assinto pelo chefe do Executivo municipal como necessário para conter a…

Eleições da Mesa da ALPB e de mais 20 estados entram na mira da PGR

Membros da mesa diretora das casas legislativas não podem ser reconduzidos na mesma legislatura, opina PGR O procurador-geral da República, Augusto Aras, propôs ações diretas de inconstitucionalidade (ADIs) ao Supremo…