Por pbagora.com.br

Novo secretário-executivo de Articulação Governamental do Estado, o ex-deputado federal Edme Tavares abriu caminho para o PTB participar do governo José Maranhão (PMDB), instalado no último dia 17 de fevereiro, depois da cassação do governador Cássio Cunha Lima (PSDB).

A nomeação de Edme pode representar uma divisão no Partido Trabalhista Brasileiro, segundo avaliam integrantes da direção da legenda. Edme Tavares substitui no cargo o também ex-deputado federal Phillemon Rodrigues (PTB).

Edme irá funcionar como uma espécie de secretário-adjunto do ex-deputado Vital do Rego, pai do prefeito de Campina Grande, Veneziano do Rego (PMDB), e do deputado federal Vital do Rego Filho (PMDB).

A nomeação do cajazeirense Edme Tavares, ex-chefe de gabinete do então presidente Fernando Henrique Cardoso, na época em que era filiado ao ex-PFL, hoje Democratas; foi publicada na edição do começo desta semana do Diário Oficial do Estado.

Edme é irmão do ex-vice-prefeito de João Pessoa, Reginaldo Tavares, secretário-geral do PTB, partido que na Paraíba tem como presidente o deputado federal Armando Abílio, aliado político do prefeito Ricardo Coutinho (PSB).

Edme Tavares é também tio do secretário-adjunto de Turismo de João Pessoa, Diego Tavares, filho de Reginaldo Tavares.

PB Agora
 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Veja quem é quem na disputa eleitoral pelos dez municípios mais populosos da Paraíba

Dados divulgados nesta semana pelo Portal DivulgaCand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aponta que na Paraíba neste ano, há 632 candidaturas a prefeito e 11.054 para a disputa de vereador…

Quatro bairros de João Pessoa ficam sem água nesta quinta-feira

A limpeza de um reservatório no bairro de Tambaú vai levar a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) a interromper o abastecimento de água nesta quinta-feira (1), das…