Por pbagora.com.br

Os Democratas da Paraíba decidiram na noite desta quinta-feira (5), por unanimidade, manter a aliança política com o ex-governador Cássio Cunha Lima, confirmando atuação na oposição ao governo José Maranhão (PMDB) na Paraíba. 

A decisão foi tomada durante encontro  no Restaurante Porto de Madeiro, em Cabo Branco, na Capital, que reuniu toda cúpula do DEM no Estado, sob à condução do senador Efraim Morais, presidente estadual da legenda. O partido aprovou uma nota em que reafirma aliança com o PSDB e ainda a intenção de lançar o nome do senador Efraim como candidato ao governo do Estado nas eleições de 2010.

“As demais composições terão que ser feitas levando em consideração a aliança PSDB e DEM, que marcharão unidos”, declarou o deputado Lindolfo Pires, um dos parlamentares que acompanharam a reunião. O partido divulgou uma nota em que reafirmou a unidade da legenda.

Ao longo do dia, o senador Efraim Morais, presidente estadual da legenda, deu declarações assegurando que sua posição é pela manutenção da aliança com os tucanos, mas também observou que caberá ao “processo democrático interno” a definição dos novos rumos do DEM.

Uma das estrelas do partido no Estao PB ado, o ex-vice-governador José Lacerda Neto já anunciou, em entrevista ao PB Agora, sua posição: não deve nem ser cogitada uma possível aliança com Maranhão, levando em conta que o atual governador foi o principal responsável na arena politica pela consolidação do processo de cassação que atingiu o governador Cássio e a ele próprio.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após ser anunciada como vice de RC, Paula Frassinete renuncia

Apenas um dias após ser registrada como companheira de chapa do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) na corrida eleitoral pela Prefeitura Municipal de João Pessoa, a ex-vereadora Paula Frassinete renunciou do…