A Paraíba o tempo todo  |

Cotado para vice de RC, Rômulo defende unidade do seu grupo

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Cotado para ser indicado como candidato a vice-governador na chapa do prefeito Ricardo Coutinho (PSB) em caso de aliança com o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB), o deputado federal Rômulo Gouveia (PSDB) disse que não tomará decisões isoladas. Em entrevista ao Portal PB Agora, na tarde desta quarta-feira (11), Rômulo disse que se sente feliz com a lembrança, mas declarou que só tomará decisões em grupo.

“Acompanharei toda decisão tomada pelo ex-governador Cássio e pelos senadores Cícero Lucena e Efraim Morais. Nada de forma isolada porque não tenho projeto pessoal, mas de grupo”, disparou Rômulo. Para ele, o importante é a unidade da base cassista para que só depois se discuta composições. Ele declarou que defende a unidade do grupo PSDB e DEM e admitiu que, unidade, a base de Cássio é forte o bastante para ter candidato próprio ao governo do Estado em 2010.

“Se continuarmos unidos, nós teremos mais condições de formamos a composição que desejarmos”, disse Rômulo. Esta semana, o deputado tucano tem encontro com o governador de São Paulo, José Serra. “O importante é que continuemos unidos, como conseguimos depois da cassação, com a bancada da Assembléia e da Câmara Federal e ainda com manifestações de partidos como o DEM e o PPS”, disse.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe