A recente decisão do presidente República, Jair Bolsonaro (PSL), de enviar ao Congresso Nacional o Projeto de Lei N° 18, DE 2019, que estabelece remanejamento de recursos, na ordem de R$ 3 bilhões, afeta de forma negativa diversas áreas da administração pública na Paraíba.

Segundo os dados, órgãos como a Universidade Federal da Paraíba (UFPB); Universidade Federal de Campina Grande (UFCG); Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e diversas cidades do Estado terão somados cortes de verbas federais no montante de R$ 46.544.893 (quarenta e seis milhões, quinhentos e quarenta e quatro mil, oitocentos e noventa e três reais).

Para a UFPB, Bolsonaro anunciou mais um corte de R$4.785.084, dentro do programa federal “Educação e qualidade para todos”. Já para a UFCG o corte foi no valor de R$ 2.246.449. O IFPB teve um corte de R$ 1.411.237.

A tesoura de Bolsonaro não ficou tão somente na área da educação. O corte também afetou recursos nos ministérios da Infraestrutura, Desenvolvimento Regional e Turismo, que iriam para diversas cidades da Paraíba como: Piancó, Nova Olinda, Sousa, Santarém, Santa Rita, Queimadas, São Bento e Campina Grande.

Ontem (08), o Senador Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB) rechaçou a decisão do presidente da República e disse que o governo do presidente Jair Bolsonaro deveria rever esse posicionamento nocivo e fortalecer as universidades federais, destinando mais recursos para o ensino, a pesquisa e a extensão, bem como para as cidades.

Veja o PDF com os demais cortes neste anexo:

DOC-Avulso inicial da matéria-20190807

Veja a tabela de cortes de Bolsonaro para com a Paraíba:

 

Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

EducaçãoUniversidade Federal da Paraíba (UFPB)

 

Educação e qualidade para todos

 

R$4.785.084

 

Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

EducaçãoUniversidade Federal de Campina Grande  (UFCG)Educação e qualidade para todos

 

R$ 2.246.449
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

EducaçãoInstituto Federal  da Paraíba (IFPB)Educação e qualidade para todos

 

R$ 1.411.237
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

InfraestruturaPiancó e Nova OlindaConstrução de trecho RodoviárioR$ 977.815
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

Desenvolvimento RegionalSousaApoio a política nacional de desenvolvimento urbanoR$ 1.271.380
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

Desenvolvimento RegionalSantarém, Santa Rita, Várzea de Cacimba, Sítio Cassiano, Fazenda NovaConstrução de adutoras de Capivara)R$ 6.780.696
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

Desenvolvimento RegionalQueimadasAquisição de equipamentos/ou implantação de obras de infraestrutura hídricaR$ 2.542.761
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

Desenvolvimento RegionalSão BentoAquisição de equipamentos/ou implantação de obras de infraestrutura hídricaR$ 12.713.804
Ministério oriundo dos recursosUnidade atingida com cortes de gastosPrograma

 

Recursos retirados:

 

TurismoCampina GrandeApoio a projetos de infraestrutura turísticaR$ 13.815.667
Total: R$ 46.544.893 (quarenta e seis milhões, quinhentos e quarenta e quatro mil, oitocentos e noventa e três reais).

 

PB Agora

Total
7
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bancada federal volta a se reunir nesta terça-feira para debater emendas

O deputado federal Efraim Filho (DEM) convocou reunião da bancada federal paraibana para a terça-feira (22) às 17hs, na sala da Presidência da Comissão de Educação, anexo II ala C…

Especialista critica excesso de partidos na Paraíba: “Termina prejudicando”

O cientista político Lúcio Flávio Vasconcelos, doutor em história política pela Universidade de São Paulo (USP) e professor da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), afirmou, em entrevista a imprensa esta…