Os embargos declaratórios do ex-governador Cássio Cunha Lima não entraram em pauta na sessão de ontem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O próprio Cássio acreditava que o caso seria analisado pelos ministros. Na última quarta-feira, ele postou a seguinte mensagem no twitter: "Hoje não haverá sessão no TSE. Portanto, os embargos poderão ser julgados amanhã. Não há razão processual para que isso não ocorra", afirmou o ex-governador.

Quanto mais demora o TSE em julgar o caso, mais distante fica a possibilidade de Cássio ser diplomado no dia 17 de dezembro juntamente com todos os candidatos eleitos no dia 3 de outubro na Paraíba.

O fato é que o Supremo Tribunal Federal (STF) só tem sessão plenária até o dia 15 de dezembro e dificilmente o processo será julgado em tempo hábil. Cássio só poderá tomar posse no Senado em 2011 se tiver em mãos o diploma expedido pela Justiça Eleitoral.

Lana Caprina

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Deputado explica motivos de críticas e nega afastamento político do prefeito Romero Rodrigues

Após formular críticas a gestão municipal por meio das redes sociais, o deputado federal Julian Lemos (PSL) afirmou que continua apoiando a administração do prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues…

Sem mandato, Cássio garante que continuará colaborando com a Paraíba e classifica como remota tese de disputar PMCG

Sem mandato há seis meses, o ex governador e ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB), praticamente afastou a possibilidade de disputar a prefeitura de Campina Grande nas eleições do próximo…