Presidente do PSDB paraibano, o senador Cícero Lucena voltou a negar nesta terça-feira (17) qualquer movimentação do partido em direção à base de apoio do governador José Maranhão (PMDB) na Assembléia Legislativa, conforme sinalizou o deputado tucano João Gonçalves. Cícero censurou a postura de posições individuais dos tucanos e aliados do ex-governador Cássio Cunha Lima e disse que o momento é de debate interno.

“Por mais que eu considere legítimo emitir opiniões acredito que o momento agora é de esperarmos Cássio chegar para que possamos, esgotando um diálogo interno, definir nossas posições coletivas”, declarou Cícero.

O senador reafirmou a intenção de manter o grupo unido e firme, evitando antecipação de alianças com outras forças políticas na Paraíba. “E essa unidade só se conquistará se ampliarmos o debate interno antes de emitirmos posições individuais”, disse.
 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

João Azevêdo sinaliza apoio a Dr. Érico para as eleições em Patos

Pré-candidato à prefeitura da cidade de Patos, o deputado estadual de primeiro mandato, Doutor Érico (Cidadania) que em março deste ano, em entrevista ao PB Agora, destacava que sonhava em…

ALPB realiza doação de R$ 2 milhões ao Estado para enfrentamento ao coronavírus

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) repassou, nesta quarta-feira (8), R$ 2 milhões para as secretarias estaduais de Desenvolvimento Humano e de Educação, Ciência e Tecnologia para serem aplicados no…