A Paraíba o tempo todo  |

Cícero acusa RC e ameaça Conselho contra os infiéis

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

O senador paraibano Cícero Lucena (PSDB), acusou o prefeito Ricardo Coutinho de antecipar o processo eleitoral de 2010 na tentativa de estadualizar seu nome. O senador citou como exemplo o patrocínio da decisão do primeiro turno do campeonato paraibano de futebol, que recebeu o patrocínio da prefeitura de João Pessoa, quando nenhum time da capital chegou à decisão.  A entrevista foi realizada agora a pouco ao vivo no programa O Norte Agora, da TV O Norte, com o Jornalista Luís Torres.

O senador garantiu que o PSDB não precisa da máquina para construir uma proposta de mudança para 2010 e garantiu que não passa pela cabeça de Cássio Cunha Lima não uma possível aliança com Ricardo Coutinho.

“ Você passa 20 anos brigando com uma pessoa e dizendo que essa pessoa não presta e de repente essa pessoas passa a prestar porque vai votar em mim? E o eleitor vai ficar com cara de bobo? Nos temos que respeitar essa história” declarou Cícero.

Sobre as especulações advindas, inclusive de outras lideranças do seu partido no Estado, sobre uma possível aliança entre o grupo político liderado por ele e pelo ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB), para a eleição do próximo ano senador disse que vai conversar com cada liderança, mas se for necessário utilizará o conselho de ética do PSDB.

Durante a entrevista o senador lembrou que Ricardo Coutinho enganou a população de João Pessoa, quando afirmou que não iria deixar a prefeitura para disputar o governo do Estado.

“Ricardo jamais ao longo desses anos, adotou uma linha de afinamento com nossas propostas, como isso pode acontecer agora? Ele votará em nosso candidato a presidência da república?”, finalizou Cícero Lucena.
 

Clilson Júnior

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe