O senador paraibano Cícero Lucena (PSDB), acusou o prefeito Ricardo Coutinho de antecipar o processo eleitoral de 2010 na tentativa de estadualizar seu nome. O senador citou como exemplo o patrocínio da decisão do primeiro turno do campeonato paraibano de futebol, que recebeu o patrocínio da prefeitura de João Pessoa, quando nenhum time da capital chegou à decisão.  A entrevista foi realizada agora a pouco ao vivo no programa O Norte Agora, da TV O Norte, com o Jornalista Luís Torres.

O senador garantiu que o PSDB não precisa da máquina para construir uma proposta de mudança para 2010 e garantiu que não passa pela cabeça de Cássio Cunha Lima não uma possível aliança com Ricardo Coutinho.

“ Você passa 20 anos brigando com uma pessoa e dizendo que essa pessoa não presta e de repente essa pessoas passa a prestar porque vai votar em mim? E o eleitor vai ficar com cara de bobo? Nos temos que respeitar essa história” declarou Cícero.

Sobre as especulações advindas, inclusive de outras lideranças do seu partido no Estado, sobre uma possível aliança entre o grupo político liderado por ele e pelo ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) com o prefeito da Capital, Ricardo Coutinho (PSB), para a eleição do próximo ano senador disse que vai conversar com cada liderança, mas se for necessário utilizará o conselho de ética do PSDB.

Durante a entrevista o senador lembrou que Ricardo Coutinho enganou a população de João Pessoa, quando afirmou que não iria deixar a prefeitura para disputar o governo do Estado.

“Ricardo jamais ao longo desses anos, adotou uma linha de afinamento com nossas propostas, como isso pode acontecer agora? Ele votará em nosso candidato a presidência da república?”, finalizou Cícero Lucena.
 

Clilson Júnior

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Jackson Macêdo é reeleito presidente estadual do PT da PB

A etapa estadual do 7º Congresso Nacional do PT – Lula Livre, definiu novas diretrizes as lutas políticas do Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB). O encontro aconteceu neste sábado…

Meta é trabalhar: João diz que ainda não pensou em um possível segundo mandato: “Não é minha meta agora”

Ainda é muito cedo para que o governador da Paraíba, João Azevêdo (PSB) possa pensar em uma possível reeleição. Marinheiro de primeira viagem, o gestor exerce o seu primeiro mandato…