CONFIRMADO: Cássio só será julgado ano que vem; com ministros de férias em janeiro, tudo indica que Wilson Santiago será empossado senador

Posse dos senadores acontece dia 20 fevereiro

Assim como o Portal PB Agora já havia publicado no último dia 10 de dezembro, o Supremo Tribunal Federal não julgará mais este ano o recurso do ex-governador Cássio Cunha Lima, que teve a candidatura ao Senado barrada com base na Lei da Ficha Limpa. O STF entra em recesso no próximo dia 20 e as últimas sessões da Corte estão marcadas para esta semana, sendo que até agora não desembarcou o recurso de Cássio.

No site do Supremo já foram publicadas as pautas de julgamento para as sessões que serão realizadas nos dias 15, 16 e 17, ou seja, quarta, quinta e sexta. Mesmo que o recurso chegue esta semana não haverá mais de tempo de julgamento antes do recesso, que começa dia 20 e vai até o dia 1º de janeiro. Em seguida vêm as férias dos ministros que correspondem ao período de 2 a 31 de janeiro.

O Supremo Tribunal Federal só volta a funcionar normalmente no dia 1º de fevereiro de 2011, quando ocorrerá sessão solene de instalação do ano judiciário. Durante o recesso forense e férias dos ministros do Supremo Tribunal Federal caberá ao presidente da Corte analisar apenas os pedidos urgentes que chegarem ao tribunal.

Assim, tanto no recesso quanto nas férias forenses, a Presidência funcionará em regime de plantão, analisando somente os casos urgentes até a abertura do Ano Judiciário de 2011, em 1º de fevereiro.

 

 

 

Simone Duarte

PB Agora

com informações do blog de Lana Caprina

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bolsonaro dá a largada para a privatização de nove estatais; veja lista

O governo deu início ao processo de privatização dos Correios, mas o procedimento de venda da holding, com começo imediato das discussões no Congresso — como era a expectativa —,…

“Estou passando por mentiroso”, diz Léo após não cumprimento das emendas impositivas

Vice-presidente da Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP) o vereador Léo Bezerra (PSB), contestou ontem (21) em discurso as declarações do prefeito da capital Luciano Cartaxo (PV) de que estaria…