O vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo (P|T), negou na tarde desta quarta-feira (11) que o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) tenha exonerado seus aliados da prefeitura de João Pessoa.

Cartaxo declarou que tudo não passa de especulação, mas falou em lealdade. “Não acredito que isso tenha acontecido, porque não há razão para isso. Fui líder do prefeito Ricardo Coutinho na primeira gestão, numa situação em que erámos minoria na Câmara e o governo estava se estruturando. Não tem motivo para perseguição de meus aliados”, declarou o vice-governador, que foi o entrevistado da TV O Norte, nesta quarta.

Cartaxo disse que não foi procurado por nenhum aliado reclamando de demissão. “Tenho trabalhado com lealdade a Ricardo Coutinho”, disse.

O vice-governador, no entanto, não quis falar em divisão dentro do PT. Ele disse que o momento é de todos os partidos trabalharem pela Paraíba. “Esse é o debate que a população da Paraíba quer”, declarou.

Luciano Cartaxo reconheceu ainda que o governo Maranhão III é diferente do governo Maranhão I e II. Segundo ele, o momento é outro e o governador Maranhão está trabalhando com a intenção de valorização dos servidores públicos estaduais.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No aniversário de Sousa, Wilson Santiago enfatiza ações viabilizadas para o município

O deputado Federal, Wilson Santiago (PTB), participou, nesta sexta-feira 10/07, da inauguração do Centro Municipal de Reabilitação e Fisioterapia, em Sousa, no Sertão do Estado. Em entrevista ao site de…

Ruy defende trabalho dos educadores físicos e abertura das academias

A retomada das atividades das academias de ginástica, que têm relação direta com a saúde das pessoas deve acontecer imediatamente. Foi o que defendeu Ruy Carneiro durante reunião virtual com…