O vice-governador da Paraíba, Luciano Cartaxo (P|T), negou na tarde desta quarta-feira (11) que o prefeito Ricardo Coutinho (PSB) tenha exonerado seus aliados da prefeitura de João Pessoa.

Cartaxo declarou que tudo não passa de especulação, mas falou em lealdade. “Não acredito que isso tenha acontecido, porque não há razão para isso. Fui líder do prefeito Ricardo Coutinho na primeira gestão, numa situação em que erámos minoria na Câmara e o governo estava se estruturando. Não tem motivo para perseguição de meus aliados”, declarou o vice-governador, que foi o entrevistado da TV O Norte, nesta quarta.

Cartaxo disse que não foi procurado por nenhum aliado reclamando de demissão. “Tenho trabalhado com lealdade a Ricardo Coutinho”, disse.

O vice-governador, no entanto, não quis falar em divisão dentro do PT. Ele disse que o momento é de todos os partidos trabalharem pela Paraíba. “Esse é o debate que a população da Paraíba quer”, declarou.

Luciano Cartaxo reconheceu ainda que o governo Maranhão III é diferente do governo Maranhão I e II. Segundo ele, o momento é outro e o governador Maranhão está trabalhando com a intenção de valorização dos servidores públicos estaduais.

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos diz que informação sobre lista negra de Bolsonaro é ‘fake news’ e critica jornal

O deputado federal Julian Lemos, após o Jornal O Globo afirmar que ele estaria ‘numa lista negra’ do presidente da República Jair Bolsonaro, afirmou que a informação é uma ‘fake…

Governo promove de 21 e 25 deste mês o 14º Mutirão de Renegociação de Dívidas em Campina

Entre os dias 21 e 25 de Outubro, Campina Grande irá receber o 14º Mutirão de Renegociação de Dívidas, uma iniciativa do Governo do Estado da Paraíba, através do PROCON…