Por pbagora.com.br

Entre tantas alternativas para driblar a crise e reduzir as quedas na arrecadação, o governador José Maranhão (PMDB) tem uma que não é nada confortável: cobrar dívidas de aliados políticos e da própria família em nome da Cagepa, responsável pelo abastecimento de água no Estado.

Lista dos cem maiores devedores particulares da Companhia inclui hospital dos irmãos do deputado Marcondes Gadelha (PSB) e ainda da própria família Maranhão. Ao todo, a conta da inadimplência, de acordo com relatório da Gerência Executiva de Negócios e Comercialização, a R$ 15 milhões. O valor não inclui os débitos das prefeituras ou demais poderes públicos, mas tão somente de empresas privadas.

Encabeça a lista o Hospital João VXIII, de Campina Grande, de propriedade de Renato e Dalton Gadelha, irmãos do deputado federal Marcondes Gadelha, aliado político de Maranhão. De acordo com o relatório, os Gadelhas devem uma quantia de um milhão e seiscentos mil reais à Cagepa e são os maiores devedores privados da Companhia.

Na lista, aparece ainda a Maternidade e Hospital Maria Júlia Maranhão, que já teve Wilma Maranhão, irmã do atual governador como diretora. Com sede em Araruna, terra natal do governador, a instituição arrecadou, somente em 2008 da prefeitura cerca de R$ 800 mil. O Hospital deve cerca de R$ 101 mil a Cagepa e está entre os vinte maiores devedores.

Enquanto isso, o governo do Estado registra quedas de R$ 23 milhões na arrecadação do Fundo de Participação do Estado em relação ao mesmo período no ano passado, devido às reduções nas taxas de IPI (Imposto sobre Produto Industrializado) e IR (Imposto de Renda).

Entre os devedores, além de hospitais, muitos hotéis e condomínios. O Ouro Branco Praia Hotel, em João Pessoa, deve, por exemplo, R$ 241.620,09. Líder do campeonato paraibano, o Treze Futebol Clube também ocupa uma “boa” posição entre os rankings dos devedores. Com uma dívida superior a R$ 465 mil, é o quinto da lista.

Já o Campinense, que representa a Paraíba na segunda divisão do Campeonato Brasileiro, deve cerca de R$ 100 mil à Cagepa. As dívidas dos cem maiores inadimplentes com a Cagepa vai de R$ 35 mil a R$ 1,6 milhão.

Integram a lista ainda marcas conhecidas como o Esporte Clube Cabo Branco, o Hotel Garden, de Campina Grande, a Roger-tur, o Colégio Geo Studio, e o Iate Clube Paraíba.

CONFIRA A LISTA DOS 20 MAIORES DEVEDORES PARTICULARES DA CAGEPA
(Valores referentes ao mês de fevereiro de 2009)

Hospital João XVIII – Campina Grande – R$ 1.620.646,00


Hospital J Ribeiro Reabilitação – Campina Grande – R$ 1039.630,86


Hospital Santa Lúcia LTda. – João Pessoa – R$ 721.738,66


Hospital Inf. Dr. João Soares – João Pessoa – R$ 712.141,05


Treze Futebol Clube – Campina Grande – R$ 465.934,52


Estádio Presidente Getúlio Vargas – Campina Grande – R$ 464.785,02


Clínica e Pronto Socorro Infantil – Campina Grande – R$ 456464,74


Condomínio Empresarial Tambaú – João Pessoa – R$ 396.527,04


Hospital Infantil Rodrigues de Aguiar – João Pessoa – R$ 364.358,67


Hospital Santa Paula – João Pessoa – R$ 361.244, 43


Campinense Indústria Gerais AS – Campina Grande – R$ 306.244,75


Assent. Santa Cruz – Campina Grande – R$ 293.454,61


Hospital 13 de Maio – João Pessoa – R$ 268.314,73


Ouro Branco Praia Hotel – João Pessoa – R$ 241.620,09


Pronto Socorro Cardiológico Ltda – João Pessoa – R$ 239.172,79


Hospital Pedro I – Campina Grande – R$ 230.696,66


Hospital São Domingos – Bayeux – R$ 219.052,06


AMIP Assistência Médica Infantil da PB – João Pessoa – R$ 216.372,22


Esporte Clube Cabo Branco – João Pessoa – R$ 184.327,22


Jangada Clube – João Pessoa – R$ 183.412,41

 

 


PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Julian Lemos crítica Bolsonaro: “O homem que está no poder, não é o que elegemos”

O deputado federal Julian Lemos, do PSL, usou seu perfil numa rede social para para fazer um desabafo a respeito do presidente da República, Jair Bolsonaro. Na postagem, Julian critica…

Manoel Jr assegura a reitor doação de terreno para construção do IFPB em Pedras de Fogo

O prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, se reuniu, nessa sexta-feira (15), com o reitor do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Nicácio Lopes, para debater os avanços e as…