O líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Bruno Farias (PPS), em resposta à notícia de que a bancada de situação do prefeito Cartaxo teria entrado com o pedido de instalação de três CPI’s na Casa, fazendo com que a CPI da Lagoa não pudesse ser implantada, declarou que a manobra nada mais é do que a revelação do medo que Cartaxo sente de que a revitalização do Parque da Lagoa seja investigada.

“Essa ação que foi tramada hoje numa reunião da bancada do prefeito com o próprio Cartaxo presente, revela de maneira muito nítida o medo que o prefeito tem de ser investigado a respeito das irregularidades na execução da revitalização do Parque Sólon de Lucena. O prefeito foge da investigação da Lagoa como o diabo foge da cruz” disparou Bruno.

O vereador foi mais além e disse que a decisão da bancada revela a fragilidade do prefeito e da sua bancada de sustentação na Câmara, acrescentando um desafio:

“O prefeito faz todo tipo de artimanha para impedir que a Câmara auxilie nas investigações. Mas nós iremos enfrentar esse debate e fazer um desafio público a Cartaxo: nós da oposição nos comprometemos a assinar as três CPIs que foram hoje protocoladas pela bancada de governo, mas a gente pede que o prefeito autorize os vereadores de sua própria bancada a assinar a CPI da Lagoa, eu quero ver se o prefeito tem coragem” provocou.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Opinião: se achando acima da lei, deputado Walber Virgolino faz ameaça a este colunista

O deputado estadual Walber Virgolino (Patriotas) é aquela pessoa do bem, mas confunde a prerrogativa de delegado de polícia, profissão, diga-se, muito honrada, com a de homem público, infringindo, no…

Daniella Bandeira acredita que Cartaxo convencerá Manoel Jr a desistir da pré-candidatura à PMJP

A secretária de Planejamento na Prefeitura de João Pessoa, Daniella Bandeira, que se filiou recentemente ao Partido Verde, encabeçado na Paraíba pelo prefeito de João Pessoa Luciano Cartaxo, em contato…