O líder da oposição na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), vereador Bruno Farias (PPS), em resposta à notícia de que a bancada de situação do prefeito Cartaxo teria entrado com o pedido de instalação de três CPI’s na Casa, fazendo com que a CPI da Lagoa não pudesse ser implantada, declarou que a manobra nada mais é do que a revelação do medo que Cartaxo sente de que a revitalização do Parque da Lagoa seja investigada.

“Essa ação que foi tramada hoje numa reunião da bancada do prefeito com o próprio Cartaxo presente, revela de maneira muito nítida o medo que o prefeito tem de ser investigado a respeito das irregularidades na execução da revitalização do Parque Sólon de Lucena. O prefeito foge da investigação da Lagoa como o diabo foge da cruz” disparou Bruno.

O vereador foi mais além e disse que a decisão da bancada revela a fragilidade do prefeito e da sua bancada de sustentação na Câmara, acrescentando um desafio:

“O prefeito faz todo tipo de artimanha para impedir que a Câmara auxilie nas investigações. Mas nós iremos enfrentar esse debate e fazer um desafio público a Cartaxo: nós da oposição nos comprometemos a assinar as três CPIs que foram hoje protocoladas pela bancada de governo, mas a gente pede que o prefeito autorize os vereadores de sua própria bancada a assinar a CPI da Lagoa, eu quero ver se o prefeito tem coragem” provocou.

 

PB Agora

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

VÍDEO: em meio à crise no PSB, Sandra afaga ego da gestão Cartaxo

A vereadora socialista Sandra Marrocos (PSB) surpreendeu na noite dessa quinta-feira (19) durante assembleia do Orçamento Participativo na região dos Bancários promovida pela gestão do prefeito Luciano Cartaxo, ao elencar…

Presidente nacional do Podemos desmente mudanças no comando do partido na Paraíba

Em entrevista à imprensa paraibana, a Presidente nacional do Podemos, deputada federal Renata Abreu, desmentiu a especulação feita por um portal de que existiria alguma possibilidade de mudança no comando…