Assim como a direção estadual do Cidadania na Paraíba, o ex-deputado estadual Bruno Cunha Lima (sem partido) também negou, durante entrevista essa semana, uma fake News dando conta que ele estaria sendo cotado para assumir o comando da legenda em Campina Grande, com vistas às eleições municipais de 2020.

“Isso nunca aconteceu”, garantiu Bruno, que é pré-candidato à sucessão municipal e ainda estuda os convites de outros partidos para assinar a ficha de filiação.

“Eu nunca falei, nunca autorizei ninguém da minha equipe ou amigos a procurarem interlocutores do partido, e também preciso ser justo e dizer que não houve nenhuma busca ativa por parte, pelo menos não que tenha chegado até minha ciência, por parte do Cidadania buscando essa filiação”, esclareceu.

Segundo Bruno, que não faz parte de seu planejamento topar enfrentar uma eleição como candidato oposicionista, ou seja, contra o grupo do prefeito Romero.

Logo que o boato sobre uma suposta filiação do ex-deputado Bruno aos quadros do Cidadania, o presidente da sigla, Ronaldo Guerra. Sucinto, Ronaldo afirmou que não havia nem houve nenhuma projeção neste sentido em Campina e que não apenas o Cidadania não teria entrado em contato com Bruno, como também o ex-chefe de gabinete de Romero Rodrigues também não o procurou.

“Para mim essa informação é novidade, eu não estou sabendo de nada. Nem Bruno me contactou nem eu entrei em contato com ele”, disse à época.

 

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cabo Gilberto bate de frente com orientação de isolamento e cobra reabertura do comércio

Deputado Cabo Gilberto cobra retorno gradativo do comércio em Mangabeira: “Mudem essas ações” Na contramão das recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) e do próprio Ministério da Saúde, o…

Governador destina R$ 16,1 milhões para ações contra o Coronavírus, na PB

Um decreto publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira (8) disciplina a destinação de R$ 16,1 milhões do Estado para o enfrentamento do novo Coronavírus. O documento destina, por…