Em Recente discurso o presidente Jair Bolsonaro classificou o turismo brasileiro como "vexatório", durante participação no programa Domingo Esportivo, da Rádio Bandeirantes, neste domingo (12). "O turismo nosso é vexatório, tendo em visto que somos os primeiros do mundo em belezas naturais", disse, questionado sobre o número de turistas que visitam o País por ano.

 

Bolsonaro creditou o baixo volume de turistas no Brasil à violência e a problemas de legislação ambiental. Em relação à questão da segurança, disse que muito pode melhorar com o projeto anticrime do ministro da Justiça Sergio Moro, mas que a tramitação está demorada no Congresso.

 

Já sobre a questão ambiental, voltou a comparar a baía de Angra dos Reis (RJ) a Cancún, no México, e disse que não se pode desenvolver o turismo na região porque "xiitas ambientalistas" a colocaram como estação ecológica.

 

O presidente afirmou que, se depender só dele, pode editar um decreto para revogar essa estação ecológica, mas que depois a medida teria que passar pelo Congresso para a confirmação.

 

"A questão da violência pode ser resolvida com medidas mais rígidas, como as propostas no pacote anticrime. Muita coisa tem que ser feita e passa pelo Congresso", resumiu.

 

Em relação à situação do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, que é acusado de integrar um esquema de laranjas em Minas Gerais, disse que, se houver algo mais "robusto" contra ele, tomará as devidas providências, mas que não pode agir só com acusações, porque, senão, teria que demitir todos.

 

Bolsonaro elogiou o trabalho do ministro. O presidente lembrou que Álvaro Antônio sugeriu o fim da reciprocidade em pedidos de visto de países como Estados Unidos, do Canadá, da Austrália e de outros países ricos entrem no Brasil sem visto.

 

 

Redação com Correio Brasiliense

 


Veja como adquirir a certificação digital para pessoa física sem burocracia

 

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Cássio não sinaliza disputar PMCG e diz que Romero conduzirá processo

Apesar da acolhida calorosa dos campinenses durante a entrega das casas do Complexo Aluízio Campos ocorrida nessa segunda-feira (11), o ex senador Cássio Cunha Lima (PSDB) praticamente descartou a possibilidade…

‘PT não tem que fazer autocrítica’, diz Lula em evento do partido

Em seu primeiro ato partidário desde que foi solto da carceragem da Polícia Federal na última sexta-feira (7), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o PT…