Por pbagora.com.br

Com a mudança no comando do PRB da Paraíba, a base governista na AL-PB ganha outro partido e o pré-candidato ao Governo do Estado, João Azevêdo (PSB), novo apoio no arco de alianças que já conta, agora, com 17 legendas. Ao opinar sobre a continuidade ou saída do governador, e seu correligionário, Ricardo Coutinho para disputar uma vaga ao Senado nas eleições de outubro próximo, a deputada estadual Estela Bezerra (PSB), revelou que queria que ele continuasse no governo, pois na sua visão isso fortaleceria a pré-candidatura  de João Azevêdo.

 

Sobre as atuais 17 siglas que dão apoio a João, a mais recente é o PRB era oposição quando estava sob a presidência do deputado Jutay Meneses, mas com a filiação do deputado federal Hugo Motta e do deputado estadual Nabor Wanderley, passa a ser governo. É provável a adesão até sexta do também deputado estadual Jullys Roberto.

 

Em entrevista concedida ontem a um programa da capital, Estela afirmou que o trabalho apresentado pelo líder socialista será o maior cabo eleitoral para o pré-candidato do partido, o secretário do estado João Azevêdo.

 

“Eu quero muito que ele continue no mandato. Se fosse pra eu decidir gostaria que ficasse porque uma liderança como Ricardo se leva séculos para produzir. São poucos representantes que são lembrados pelo que fizeram e Ricardo é um desses. Em tempo de crise das instituições, porque não é econômica, é moral, de credibilidade. Nesse sentido, uma figura como Ricardo, com o espírito publico firmado, com coragem de defender suas ideias, mesmo contraditório ao que está estabelecido, faz muito falta”, arrematou Estela. 

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Saiba quais as agências da Caixa abrem neste sábado (19), na Paraíba

A Caixa Econômica abrirá 11 agências na Paraíba, neste sábado (19), das 8h às 12h, para atendimento aos beneficiários do auxílio emergencial e do saque emergencial do Fundo de Garantia…

O Globo diz que Lula foi quem mandou detonar candidatura de Anísio, em JP

De acordo com o jornal O Globo, partiu do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva a orientação à direção nacional do Partido dos Trabalhadores para que detonasse a candidatura a…