Por pbagora.com.br

Um áudio atribuído ao deputado estadual Wallber Virgolino vem sendo bastante repercutido desde essa terça-feira (12) através das redes sociais e aplicativos de conversa.

Nele, Virgolino revela uma suposta postura contrária do parlamentar com relação a redução da Verba Indenizatória de Apoio Parlamentar (VIAP) aprovada pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na segunda-feira (11) e diz que a redução teria lhe prejudicado pois agora ele não poderia “gastar com tranquilidade”.

A verba de gabinete à disposição dos parlamentares havia sido reajustada para R$ 40 mil em setembro do ano passado, passando a ser paga a partir de fevereiro deste ano e com o corte, voltou a ser de R$ 25 mil mensais.

“Pra mim foi uma merda isso aí. Quebrou minhas pernas. Tirou de um canto que eu podia gastar e botou em outro, que eu não posso gastar com a tranquilidade que eu gastava no outro” revela trecho do áudio.

OUÇA:

Logo após toda a repercussão negativa, Wallber atribuiu as denúncias a pessoas ligadas à Operação Calvário e colocou a culpa nas fake news.

“O áudio está fora de contexto, deturpado, cortado. Eu não vou mais me alongar nesse assunto que é sem pé e nem cabeça” justificou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

STJ não acata recurso e encerra as pretensões de Euda concorrer em Cuité

A candidata Euda Fabiana, do MDB de Cuité, viu novamente duas pretensões de concorrer à Prefeitura do município serem encerradas após mais uma decisão desfavorável no Superior Tribunal de Justiça.…

Caminhão de verdura derruba muro de prédio, no Alto Branco, em CG

Um caminhão carregado de verdura derrubou o muro de um edifício, localizado na Rua Vereador Benedito Motta, no bairro do Alto Branco, em Campina Grande, na tarde desta quarta-feira (28),…