A Paraíba o tempo todo  |

Assembleia vai debater inserção do jovem no mercado de trabalho nesta quinta-feira

A sessão especial vai abordar temáticas como qualificação, inserção no mercado de trabalho e educação.
Foto: Assessoria

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) vai debater nesta quinta-feira (2), a partir das 9h30, durante sessão especial realizada na Câmara de Vereadores de Cuité, a inserção do jovem no mercado de trabalho. A propositura é da deputada Rafaela Camaraense (PSB), que preside a Frente Parlamentar de Enfrentamento às Drogas e Defesa da Juventude. A Paraíba tem mais de um milhão de pessoas que se enquadram dentro da faixa etária de 15 a 29 anos, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatistica (IBGE).

A sessão especial vai abordar temáticas como qualificação, inserção no mercado de trabalho e educação. ““Precisamos qualificar nossos jovens para o mercado de trabalho. Além disso, é necessário fazer uma ação junto a empresas para que abram espaço para quem não tem experiência, mas que tem muita vontade de aprender e construir uma carreira”, afirmou Rafaela.

De acordo com a Pesquisa Juventude e Pandemia, promovida pelo Conselho Nacional de Juventude, os jovens enfrentam uma série de problemas e desafios, muitos deles, agravados pela pandemia da covid-19. A dificuldade econômica, por exemplo, motivou maior procura por trabalho: seis a cada 10 estudantes dizem que estão em busca do primeiro emprego devido ao impacto da crise econômica na renda familiar, agravada pela pandemia.

A Organização Internacional do Trabalho (OIT) aponta que os jovens foram um dos grupos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. No mundo inteiro, um em cada seis jovens deixou de trabalhar no período de emergência sanitária, somando 67,9 milhões de desempregados.

Mais dados – Dos quase 14 milhões de desempregados no quarto trimestre de 2020, cerca de 70% eram pessoas na faixa-etária entre 14 e 24 anos de idade, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNAD), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe