Nesta terça-feira (11) o suplente de deputado estadual Anísio Maia (PT), que deve retornar à Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) após a licença do deputado Júnior Araújo (Avante) que assumiu a Chefia de Gabinete do Governo do Estado, declarou que seu retorno ao legislativo estadual não seria uma moeda de troca.

As declarações se dão por conta de nos bastidores, a sua volta ser vista como condição para o PT não deixar o apoio à gestão estadual.

“A minha ida para Assembleia não é uma moeda de troca. Nem o PT trabalha assim, nem eu, nem João. É lógico que nos últimos dias, a aproximação do PT com João tende a ampliar. Temos que estar juntos para enfrentar o impeachment. A tendência é reforçar o apoio ao governador”, declarou.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

PTB-PB vai intensificar pré-candidatura na capital depois do carnaval

Ao se pronunciar sobre o recente lançamento da pré-candidatira a prefeitura de João Pessoa, a direção estadual da sigla relatou sobre esse assunto que apósas festas carnavalescas é que a…

Carnaval: 41 mil embarques e desembarques no Terminal Rodoviário de JP

Por conta do feriado de Carnaval, cerca de 41 mil pessoas devem embarcar no Terminal Rodoviário de João Pessoa e outras 38 mil deverão desembarcar na Capital paraibana. A expectativa…