Por Wellington Farias

Pense num “caba” que meio-mundo e outro tanto de pretensos candidatos à sucessão de Luciano Cartaxo, na Prefeitura de João Pessoa, vão disputar o apoio: Cícero Lucena, o caboclinho de Jatobá!

É uma verdadeira incógnita qual será a de Cícero, ex-prefeito de João Pessoa, no processo eleitoral deste ano. Há analistas com bola de cristal dizendo que ele será candidato; outros acham que não será.

E ele?
A última notícia oficial sobre Cícero Lucena e as eleições municipais da conta de que ele teria descartado, em definitivo, disputar a Prefeitura de João Pessoa.

Mas teria dito que votaria em Ruy Carneiro, presidente municipal do sei partido em João Pessoa, o PSDB, mas não trabalharia para ajudá-lo.

Outro pretenso candidato já havia dito ao colunista, semanas antes que Cícero e toda a família apoiariam a sua pretensão de disputar a PMJP.

Guardando vaga
No mundo das suposições, interpretações de atitudes e palavras, e ate de adivinhações, há até quem arrisque dizer que, neste processo, o deputado Ruy Carneiro lancará candidatura, mas apenas guardando vaga para quando Cícero Lucena for de alguma forma convencido de que deve ser ele candidato a prefeito de João Pessoa.

Fortíssimo
Em meio ao impacto que vem causando a devastadora Operação Calvário, a carência de candidatos, que já era grande, aumentou ainda mais. Tá quase todo mundo bichado nas delações da Calvário ou de outras lambança do passado.

Enquanto isso, Cícero Lucena, que é reconhecido como um dos bons prefeitos da Capital, depois de longo e tenebroso inverno distante da política, e de ter sido inocentado em todas as estâncias da justiça, depois de massacrado por uma campanha midiática que linchou a sua reputação de homem público à exaustão, agora corre por cima da carne seca.

Carrega o poder da comoção popular, na condição de injustiçado que pagou muito caro pelo que, segundo a Justiça, jamais praticou.

RC
A menos que se ausente por completo do processo, sinceramente ainda acho que Ricardo Coutinho terá muita influência no processo sucessório de 2020.

Não se iludam. Ricardo Vieira Coutinho ainda tem uma legião de seguidores e militantes.

 

Wellington Farias
PB Agora

Por Wellington Farias

Notícias relacionadas

Opinião – Pedro Cunha Lima nega distanciamento com Romero: “Fake news”

A conversa é outra! Contudo, muitos portais e blogs de notícia da Paraíba informaram, na sexta-feira (05), uma possível querela envolvendo o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) e o…