Vice-presidente do PP da Paraíba, deputado estadual Aguinaldo Ribeiro negou veementemente, na noite desta quinta-feira (19) que estaria aderindo à base de sustentação do governador José Maranhão (PMDB), recém-empossado no lugar do governador cassado Cássio Cunha Lima (PSDB).

“Não conversei com ninguém e ninguém tem procuração para falar em meu nome”, disparou Aguinaldo Ribeiro. Ele disse que o PP vai fazer oposição ao governo Maranhão. “Infelizmente, foi o TSE que decidiu qual posição o PP deve ficar: na oposição”, completou.

O deputado, que estava na Secretaria de Ciência e Tecnologia, Recursos Hídricos e Meio Ambiente, retornar à Assembléia logo após o Carnaval.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

“RC pode sair mais forte”, diz Lula sobre investigações da Calvário sobre o socialista

Numa entrevista neste domingo (26), ao site ao Uol, o ex-presidente Lula (PT) disse que o ‘companheiro’ e ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), pode sair da Operação Calvário ainda…

Procurador do MPF comenta supostas ameaças de prefeito do Sertão a moradores de Quilombola

Uma denúncia formulada junto a Ministério Público Federal (MPF), por meio do procurador do MPF em Patos, Djalma Feitosa, está ganhando repercussão na mídia sertaneja. Trata-se que moradores do Quilombola…