Por pbagora.com.br
 
 

Em reação à declaração do advogado Harrison Targino, que atuou nas Ações de Investigação da Justiça Eleitoral, as quais culminaram na inelegibilidade imediata ao ex-governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), o advogado que faz a defesa do socialista, Igor Suassuna, distribuiu  nota esclarecendo que os votos  dados a Ricardo  neste domingo (15), nas eleições para a disputa pela prefeitura de João Pessoa, serão computados normalmente.

Leia:

  1. NOTA DO CORPO JURÍDICO DA CAMPANHA DE RICARDO COUTINHO

Os votos de Ricardo Coutinho serão computados normalmente no dia da eleição. O seu registro foi deferido pela justiça eleitoral em decisão transitada em julgado e, portanto, sua candidatura permanece completamente válida.

João Pessoa, 12 de novembro de 2020.

Advogado
Igor Suassuna

 

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Pesquisa PBAgora/Datavox no 2º turno em JP: Cícero tem 46,5% e Nilvan 35,4%

A três dias da realização do 2º turno das eleições municipais, o candidato Cícero Lucena, do Progressistas, é quem lidera a disputa pela prefeitura de João Pessoa, com 46,5% das…

Opinião: como Bolsonaro, Nilvan perde discurso e não tem o “Bolsa Covid” beneficiando-o nas pesquisas eleitorais

O “Triste fim de Policarpo Quaresma”, que foi ao público em (1915), é considerada a obra-prima do escritor Lima Barreto. Em linhas gerais, o romance traça o destino tragicômico de…