Por pbagora.com.br
Foto: reprodução
 
 

Um jovem foi conduzido à Central de Polícia de João Pessoa nesta terça-feira (15) como principal suspeito de atirar contra o ex-prefeito de Bayeux Expedito Pereira.

Na delegacia, o acusado teria confessado que efetuou os disparos que resultou na morte do ex-gestor.

Leia também:
VÍDEO: ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira é executado a tiros em JP

De acordo com a Polícia Civil, já pesa contra o suspeito um mandato de prisão pelo crime de estelionato. Ele trabalha para o sobrinho de Expedito, Ricardo Pereira, que esteve na delegacia nesta segunda-feira (14), mas preferiu ficar em silêncio durante o interrogatório.

Confira vídeo da chegada do suspeito na Central de Polícia:

O ex-prefeito do município Bayeux, Expedito Pereira, foi assassinado na quarta-feira (9), enquanto caminhava, na Avenida Sapé, no bairro de Manaíra, em João Pessoa. O crime aconteceu por volta das 9h.

O ex-gestor foi baleado com pelo menos três tiros, sendo dois no tórax e um no braço.

PB Agora

 
 
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Bombeiros socorrem mulher suspeita de atear fogo na sua própria casa, em JP

Uma mulher precisou ser socorrida na noite de ontem (13), em João Pessoa, após tentar atear fogo na própria casa. O Corpo de Bombeiros foi acionado e precisou invadir o…

“Não haverá prejuízo para o policiamento ordinário”, diz major que detalha plano de segurança para as provas do Enem, na PB

Em entrevista a imprensa o major da Polícia Militar, Onierbeth Elias, que faz parte da coordenação da operação para a realização das provas do Exame Nacional do Ensino Médio 2020…