Por pbagora.com.br

O ex-prefeito do município Bayeux, Expedito Pereira, foi assassinado na manhã desta quarta-feira (9), enquanto caminhava, na Avenida Sapé, no bairro de Manaíra, em João Pessoa, em direção a sua residência, que fica próxima ao local. O crime aconteceu por volta das 9h.

O ex-gestor foi alvejado com pelo menos três tiros, sendo dois no tórax e um no braço.

O responsável pelo crime foi um homem em uma moto preta, que se aproximou de Expedito, desferiu os disparos, e fugiu. Um vídeo divulgado no Instagram do jornalista Hildo Pereira, e também em outras redes sociais, mostra o momento exato da execução.

Expedito Pereira era médico gastroenterologista e clínico geral. Até agora ninguém foi preso.

VÍDEO

TRAJETÓRIA

Expedito foi vice-prefeito de Bayeux (1989-1993, PMDB) e assumiu o mandato de prefeito em 1992 após a morte de Lourival Caetano, sendo eleito prefeito posteriormente dois mandatos (1997-2000, PRP-PB; 2001-2002, PMDB-PB).

Suplente na legislatura 2007-2011, assumiu o mandato de deputado estadual em março de 2009 na vaga de Iraê Lucena, nomeada secretária estadual de Ação Governamental.

 

Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Notícias relacionadas

Polícia apreende drogas escondidas no telhado de casa, em JP

Equipes do Batalhão Especializado em Policiamento com Motocicletas (BEPMotos) apreenderam 700 gramas de maconha, 150 pedras de crack, 90 comprimidos de artane e uma balança de precisão, na noite dessa…

Acusado de tráfico e mais duas suspeitas são presos com drogas em Monteiro

A Polícia Militar prendeu mais um homem acusado de tráfico de drogas no interior do estado da Paraíba. Dessa vez, a ação aconteceu na região do Cariri, na tarde dessa…