A polícia civil está investigando o caso de um homem que foi baleado na virilha em frente à igreja Universal da avenida Cruz Cabugá. Adanus Gonzaga Lino da Silva, 22 anos, foi baleado por volta das 16h50 deste sábado (22) quando estava passando na frente do local com a família.

Familiares de Adanus disseram que dois homens estavam urinando no muro da igreja quando dois seguranças da igreja, que também são policiais militares, foram até a calçada e teriam confundido Adanus com um dos homens. Segundo a polícia, houve bate-boca entre familiares de Adanus e os seguranças. Logo depois, um dos seguranças teria disparado o tiro que atingiu a vitima.

Os seguranças então entraram de volta no prédio e ninguém da igreja teria prestado socorro á vítima. Um tenente da CipCães que trabalha no Galo da Madrugada socorreu Adanus, que continua internado no Hospital da Restauração.

O delegado Marcos Pereira, responsável pelo caso, pediu ao pastor da igreja Jomar Santos a lista com os nomes dos doze seguranças que trabalham no local e também imagens do circuito interno de TV. Dois policiais militares – um do 13°BPM e outro da Radiopatrulha – que estavam trabalhando como seguranças particulares da igreja na tarde ontem já prestaram depoimento. Eles disseram que eram inocentes.

 

diariodepernambuco.com.br

Total
0
Compartilhamentos
Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia desarticula ponto de venda de drogas que era comandado por uma mulher, em JP

A Polícia Militar desarticulou um ponto de venda de drogas que era comandado por uma mulher, nessa sexta-feira (20), no bairro de Mandacaru, em João Pessoa. No local, foi apreendido…

Homem é preso com produtos comprados em nome de terceiros

Um homem suspeito de praticar estelionato foi preso pela Polícia Civil em posse de diversos produtos adquiridos em nome de terceiros. A prisão ocorreu na casa do suspeito, no bairro…