Por pbagora.com.br

A Superintendência de Desenvolvimento do Meio Ambiente (Sudema) e o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), alertam que continuam realizando fiscalização para coibir a poluição sonora no Estado da Paraíba. O trabalho se intensifica durante está segunda-feira (24) dia de São João, época em que o hábito de ouvir som em alto volume aumenta em várias cidades da Paraíba.

“A Sudema tem poder para atuar em todas as partes do Estado, mas é bom ressaltar que no município de João Pessoa, cabe a SEMAM – Secretaria do Meio Ambiente de João Pessoa, a fiscalização desta atividade”, diz integrante da Sudema.

Além de ser crime, a poluição sonora também representa um problema de saúde pública. Segundo a OMS – Organização Mundial da Saúde, o limite tolerável ao ouvido humano é de 65 dB (A). Acima disso, nosso organismo sofre estresse, o qual aumenta o risco de doenças. A perda total de audição pode acontecer se a pessoa fica sujeita diariamente, durante 8 horas seguidas, a sons com intensidade superior a 85 dB. Outros efeitos são aumento da pressão arterial, distúrbios psicológicos e problemas gastroinstestinais.

Segundo o tenente Aragão, do Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb), a atividade neste período junino visa coibir os crimes ambientais ligados à poluição sonora, principalmente nos municípios do interior do Estado, onde esses delitos são mais frequentes neste período do ano. As inspeções ocorrem em toda a Paraíba e caso seja constatada a poluição sonora por meio da aferição é feita a condução do infrator para a delegacia e a apreensão do equipamento de som. Além disso, ele terá que pagar uma multa no valor de R$ 5 mil.

O tenente acrescentou que as fiscalizações são realizadas diariamente em todos os meses do ano, atendendo as denúncias e ocorrências que aparecem. No entanto, o batalhão nesse período junino faz missões específicas para combater crimes mais comuns nessa época que são aqueles ligados à poluição sonora, ao comércio irregular de madeira (lenha) e os balões. Por isso, as ações já foram intensificadas com o policiamento para vários tipos de eventos, em especial as grandes festas que acontecem não apenas em João Pessoa, mas em Campina Grande e em Patos (e nas cidades mais próximas destes dois locais).

Os planejamentos, de acordo com o tenente, incluem atuações em Campina junto com a Companhia local e em Patos com a Terceira Companhia de Polícia Militar.

 

Redação

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia investiga morte de menino de 4 anos na PB após suposta queda

Um menino de apenas 4 anos deu entrada já sem vida no Hospital de Trauma de Campina Grande neste sábado (19). De acordo com as informações a madrasta do garoto…

Policiais de folga prendem dupla suspeita de vários assaltos na zona sul de JP

Dois homens que estariam praticando roubos de carros e outros assaltos a moradores do bairro do Geisel, na noite dessa sexta-feira (18), foram presos em flagrante por dois policiais militares…