A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (3), o homem apontado como o líder de uma facção criminosa que atua na Comunidade “Bola na Rede”, no Bairro dos Novais, em João Pessoa.

O jovem de 27 anos é investigado por prática de homicídios e por coordenar ataques em comunidades dominadas por facções rivais. Ele foi preso por equipes da Delegacia de Crimes Contra Pessoa de João Pessoa (DCCPes) e estava escondido em uma casa na Comunidade “Bola na Rede”. Os policiais chegaram ao local, após descobrirem que o suspeito planejava organizar um ataque a uma facção rival que atua na Comunidade Paulo Afonso, em Jaguaribe.

A ação seria uma resposta ao ataque feito à Comunidade “Bola na Rede” há cerca de dez dias, praticado por criminosos do Paulo Afonso. Ao chegarem ao local informado, os policiais encontraram um carregador de pistola com 13 munições, uma máscara que provavelmente era usada nos crimes e dois aparelhos celulares.

Em interrogatório, o preso confessou ter envolvimento com facção criminosa e ainda ter matado a tiros uma mulher chamada Luana, em janeiro deste ano, no bairro de Jaguaribe , em João Pessoa.

Em 17 deste mês, o preso foi indiciado por organização criminosa e teve a prisão preventiva solicitada pela Polícia Civil à Justiça.

 

Secom

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

No Sertão, dupla invade casa e rouba mais de 25 celulares

Na tarde desta terça-feira (31), no Sertão paraibano, dois homens armados renderam o dono de um estabelecimento no momento em que ele abria o portão e roubaram vários aparelhos celulares.…

Igreja evangélica é arrombada e criminosos levam mais de R$ 15 mil em eletroeletrônicos

Nessa segunda-feira, 30, uma igreja evangélica foi arrombada no município de Cabedelo, litoral paraibano. Segundo as informações  os criminosos quebraram uma janela na parte de trás da igreja e invadiram…