Por pbagora.com.br

A Polícia Militar desarticulou uma rinha de galo que funcionava, nesse domingo (22), na cidade de Ingá, submetendo os animais a maus-tratos e riscos de morte. Na ação, cinco homens foram detidos, 66 galos foram salvos e R$ 165 mil em multas foram aplicados.

No local, que foi descoberto pelos policias do 8º Batalhão após denúncia anônima, a PM encontrou vários ringues onde os animais eram colocados para brigar. Na revista, foram apreendidas duas armas de fogo e vários medicamentos que possivelmente estariam sendo usados nos animais para que eles tivessem uma postura mais agressiva e resistente nos duelos.

Os suspeitos detidos têm 21, 31, 34, 37 e 40 anos. Eles foram autuados pelos policiais da 2ª Companhia do Batalhão de Polícia Ambiental (2ª CPAmb) em R$ 33 mil, cada. O caso foi levado para a Delegacia de Polícia Civil, em Itabaiana.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia intensifica fiscalizações no período de defeso do caranguejo-uçá

O Batalhão de Polícia Ambiental (BPAmb) está intensificando as ações para proteger o período de reprodução do caranguejo-uçá, que acontece a partir desta quinta-feira (14) até a próxima terça (19).…

Polícia barra “batalha do passinho” organizada em praça, em Cabedelo

Por conta da pandemina do novo coronavírus, agentes de segurança pública estão atuando no sentido de evitar aglomerações de pessoas que insistem em colocar suas vidas e a de seus…