Por pbagora.com.br

A Polícia Civil apreendeu mais de 1,8 mil quilos de carne de charque nas cidades de Guarabira, Brejo da Paraíba, e São Miguel de Taipu, O produto teria sido roubado de um comerciante, em Minas Gerais. Além disso, neste caso, um homem é suspeito de estelionato.

De acordo com o delegado Demétrius Patrício, um homem de Campina Grande criou uma empresa fantasma e foi até o estado mineiro se oferecer para ser uma espécie de revendedor da marca de carnes no Nordeste.

Durante a investigação, a Polícia Civil descobriu também que o suspeito da fraude abriu a empresa fantasma em um endereço de uma igreja que funciona no bairro do Ligeiro, em Campina Grande.

Redação

Notícias relacionadas

Após protesto, manifestantes liberam trecho da BR 101 em Bayeux

Após quase 2h de interdição, manifestantes liberaram o trânsito na BR 101, em Bayeux. Com o auxílio da Polícia Rodoviária Federal, o Corpo de Bombeiros esteve no local e apagou…

Polícia Civil orienta população a utilizar delegacia on-line para evitar aglomeração

Com o avanço dos casos de contaminação pelo novo coronavírus em todo o Estado e a publicação de um novo decreto com restrições pelo Governo, a Delegacia-Geral de Polícia Civil…