Por pbagora.com.br

Na noite dessa quarta-feira (26), a paraibana Ana Cristina da Silva, de 25 anos, morreu na comunidade Rio Comprimido, no Rio de Janeiro, durante um tiroteio no momento em que ela estava indo para o trabalho.

De acordo com as informações, Ana Cristina morava no Rio há 6 anos e no momento do tiroteio tentou proteger com o próprio corpo, o filho de apenas 3 anos que estava com ela.

Ela foi atingida por tiros de fuzil na cabeça e na barriga.

PB Agora

 

Notícias relacionadas

Homem é morto a pauladas em comunidade da Zona Sul de João Pessoa

O Samu foi acionado por moradores da comunidade Aratu no bairro de Mangabeira após um homem ser encontrado com sinais de agressão. De acordo com as informações quando a equipe…

Ex-presidiário morre durante ataque a tiros dentro de residência, em Patos

Foi morto na noite de ontem (1º), um homem durante um ataque a tiros dentro de uma residência, no bairro Dona Milindra, na cidade de Patos, na Paraíba. Ivanilson Bezerra,…