Por pbagora.com.br

Na noite dessa quarta-feira (26), a paraibana Ana Cristina da Silva, de 25 anos, morreu na comunidade Rio Comprimido, no Rio de Janeiro, durante um tiroteio no momento em que ela estava indo para o trabalho.

De acordo com as informações, Ana Cristina morava no Rio há 6 anos e no momento do tiroteio tentou proteger com o próprio corpo, o filho de apenas 3 anos que estava com ela.

Ela foi atingida por tiros de fuzil na cabeça e na barriga.

PB Agora

 

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Delegado é detido após sacar arma em supermercado de JP

Um delegado da Polícia Civil que está afastado do cargo foi encaminhado à Polícia Civil, na manhã desta sexta-feira (18), suspeito de ameaçar o funcionário de um supermercado, no bairro…

Passageiros rendem e espancam suspeito de assalto em ônibus, em JP

Na manhã desta sexta-feira (18), um homem suspeito de assaltar um ônibus foi rendido e espancado pelos passageiros no Centro de João Pessoa. De acordo com as informações o homem…