Por pbagora.com.br
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Em nota encaminhada à imprensa na noite de ontem (28), a assessoria de comunicação da Polícia Federal (PF) na Paraíba confirmou o cumprimento de um mandado de prisão expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) em alusão a nona fase da Operação Calvário.

Foi preso o ex-assessor do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, Sérgio Ricardo de Ribeiro Gama Filho. Ele é investigado na nona fase da Operação Calvário e tentou enterrar o telefone celular durante buscas da Polícia Federal.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) e cumprido pela Polícia Federal durante a noite. O texto adianta que o mandado foi expedido após “representação policial em razão de conduta para ocultar provas no cumprimento de mandado de busca ontem”.

Ao perceber a chegada da Polícia Federal à sua casa, Sérgio Ricardo tentou esconder seu telefone celular em meio a plantas de um canteiro localizado na janela de seu apartamento. Os agentes da Polícia Federal desconfiaram da atitude dele, que permaneceu postado em frente a uma janela.

Quando questionado sobre a sua postura, ele afirmou que estava rezando. Os agentes não acreditaram e fizeram buscas no canteiro da janela, encontrando o telefone celular, que havia sido enterrado. Sérgio Gama insistiu que não iria negar entregar o aparelho, apenas tinha deixado ele ali antes de abrir a porta, e voltou a dizer que estava rezando.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ingá: PM desarticula rinha de galos, apreende armas e conduz 80 pessoas à delegacia

Uma operação da Polícia Militar realizada ontem (22) resultou em armas apreendidas e mais de 80 pessoas levadas à delegacia, no sítio Serra Velha, em Ingá, na Paraíba. Segundo informações…

Jovem pula de alternativo com medo de motorista, na Grande JP

Uma jovem de 18 anos pulou de um veículo em movimento, que era conduzido por um motorista alternativo, no último sábado, na cidade de Santa Rita. De acordo com as informações,…