A Polícia Militar foi chamada ontem (28) para averiguar o assassinato da jovem Priscyelly Karina que foi morta com pelo menos de 10 tiros na noite deste domingo (28), no Residencial Irmã Dulce, bairro Colinas do Sul, em João Pessoa. Um suspeito do crime foi preso. Nas redes sociais, uma tia dela disse: “Isso é o caminho de quem escolhe o lado errado”.

Segundo a Polícia Militar, Priscyelly estava com condomínio popular quando um carro se aproximou dela e um homem efetuou cerca de 10 tiros.  A mulher morreu na hora. A Polícia Civil informou que a jovem já tinha sido presa por tráfico de drogas e passou alguns meses no presídio feminino.

Após o crime, um homem foi preso no bairro Valentina de Figueiredo suspeito de ter cometido o assassinato. Com ele, a polícia apreendeu uma arma que pode ter sido usada no assassinado a jovem. O homem foi levado para a Central de Polícia Civil de João Pessoa. A prisão foi feita após perseguição do BOPE.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Gaeco cumpre mandados de busca e apreensão na Prefeitura de Alhandra

Uma grande operação do GAECO, da Receita Estadual, da Polícia Civil e do Tribunal de Contas do Estado foi deflagrada uma operação na manhã desta sexta-feira (10), contra fraude em…

Mulher é atingida por seis tiros após impedir filho de ser assassinado na PB

Uma mulher foi atingida por seis tiros após impedir filho de ser assassinado, em Lucena, no Litoral da Paraíba. O caso que movimentou a área policial aconNteu na madrugada desta…