A Paraíba o tempo todo  |

MPPB pede que suspeito de matar Patrícia Roberta vá a júri popular; defesa ainda não se manifestou

O polêmico caso da morte da jovem Patrícia Roberta, voltou à tona nesta semana quando foi oficializado o pedido do Ministério Público da Paraíba (MPPB) e da assistência de acusação para que Jonathan Henrique dos Santos vá a juri popular e seja julgado pelo assassinato de Patrícia Roberta.

A vítima, de 22 anos, foi encontrada morta no dia 27 de abril, em uma área de vegetação de João Pessoa. O laudo da perícia aponta que a jovem foi esganada e morta por asfixia. Em entrevista a imprensa o advogado Robério Capistrano da acusação, revelou que não  há dúvidas de que Jonathan Henrique é o autor do crime de feminicídio. “Eu tenho certeza, como dois mais dois é quatro”, comentou.

É esperado que a defesa de Jonathan Henrique se manifeste nos próximos dias. Somente após isso, a Justiça irá analisar e decidir se Jonathan vai ou não a juri popular.

    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      1
      Compartilhe