Por pbagora.com.br

 Duas irmãs, ambas entre oito e nove anos de idade, morreram carbonizadas na noite da quarta-feira (9), na comunidade do Riachinho, no bairro Jardim Treze de Maio, Zona Norte de João Pessoa. As irmãs dormiam em uma beliche quando o incêndio, que pode ter sido provocado por uma vela, começou e queimou a cama, atingindo as duas crianças.

Segundo informações de testemunhas, após começar o incêndio a mãe das crianças tentou arrombar a porta do quarto onde estavam as meninas, mas não conseguiu.

Vizinhos tentaram ajudar e conseguiram arrombar a porta da frente da casa e retirar a mãe e um outro filho, também menor de idade, mas não puderam ajudar as duas meninas, que morreram abraçadas no local.

Ainda segundo informações de testemunhas, a mãe teria utilizado uma vela dentro do quarto porque o fornecimento de energia da casa havia sido cortado por falta de pagamento.

A reportagem tentou contato com o Corpo de Bombeiros para saber um posicionamento da corporação quanto a uma possível causa oficial do incêndio, mas teve as ligações atendidas até o fechamento desta matéria.

O corpo das crianças foi encaminhado a Gerência Executiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de João Pessoa, onde aguarda por exame de DNA para identificação das vítimas.

Redação com portalcorreio

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Mulher tenta entrar em cadeia com maconha em salsichas e é presa

A Polícia Militar foi acionada e prendeu uma mulher após ela ser flagrada na cadeia de São João do Rio do Peixe, no Sertão do estado, tentando entrar com drogas…

Polícia prende suspeitos de assalto em Cabedelo

A Polícia Militar prendeu em flagrante dois homens suspeitos de assalto, que teriam agido no fim da manhã desta terça-feira (19), no bairro de Areia Dourada, em Cabedelo. Com eles…