Por pbagora.com.br

Um empresário de Campina Grande foi preso suspeito de agredir criança que tentava vender balas dentro do restaurante dele.De acordo com o superintendente da Polícia Civil de Campina Grande, André Rabelo, o homem foi interrogado e depois precisou assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO).

Durante o depoimento, o homem negou o crime. E disse que apenas retirou a criança de seu estabelecimento comercial, alegando que ela estava mexendo na comida do bufê.

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia prende suspeitos de assalto em CG, recupera veículo e apreende espingarda

A Polícia Militar prendeu em flagrante dois homens suspeitos de cometerem vários assaltos na cidade de Campina Grande, na manhã desta quarta-feira (20). Com a dupla, que usava uma réplica…

Operação da Polícia Militar prende líder de facção criminosa em JP

Uma Operação da Polícia Militar prendeu na manhã desta quarta-feira (20), um homem apontado como líder de facção criminosa em João Pessoa. Durante a ação, os policias apreenderam carro de…