Por pbagora.com.br

Um golpe de venda de veículos usados faz em media três vitimas por dia, na Paraíba, a informação é da titular da Delegacia de Defraudações da Polícia Civil da Paraíba, Andrea Melo de Lima, onde detalha que o golpe que consiste em enganar tanto o verdadeiro dono do produto anunciado quanto os potenciais compradores.  “As vítimas são seduzidas pelos preços atrativos dos veículos que geralmente são oferecidos com valores bem abaixo de mercado, mas acabam sendo prejudicadas e ficando sem carro e sem dinheiro”, revela à delegada.

Segundo Andrea Melo de Lima, esse tipo de golpe, que acontece em João Pessoa, geralmente é feito por estelionatários de outros estados, principalmente do Mato Grosso, Minas Gerais e Goiás. Já os estelionatários da Paraíba que também praticam esse crime, buscam vítimas em outros estados. “Esses crimes quase nunca acontecem envolvendo pessoas de uma mesma cidade. Nossa orientação nesses casos é que o comprador sempre discuta o preço do veículo com o real vendedor frente a frente. Porque só assim ele vai saber qual o preço real do produto”, comentou a delegada.

Como funciona o golpe – O vendedor de um veículo (carro ou moto) anuncia seu produto num site de vendas. Logo depois, um estelionatário entra em contato com o vendedor do bem e diz. “Gostei, vou fechar negócio com você. Retire o anúncio”. E sem desconfiar de nada o dono do veículo retira o anúncio. Imediatamente, o estelionatário anuncia novamente a venda do produto por um preço aquém do valor. Ou seja, bem abaixo do que estava sendo anunciado pelo proprietário. Logo, um novo comprador se interessa pelo bem, liga para o falso vendedor e diz que quer ver o carro. O estelionatário diz a localização e engana tanto o proprietário como o novo comprador. Geralmente o dono do veículo, antes de entregar o carro ao comprador, espera o dinheiro cair na conta dele. Como o dinheiro não entra, ele não entrega o carro e a pessoa que pagou acaba sem dinheiro e sem o bem.

 

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Energisa e Polícia flagram distribuidora de alimentos furtando energia em JP

a Polícia Civil, Polícia Militar e Energisa flagraram desvio de energia, na distribuidora de alimentos, Guga Feira, no bairro das Indústrias, em João Pessoa. A ação foi realizada após denúncias…

Homem é preso com arma, munições e embalagens de drogas

A Polícia Militar prendeu um homem de 33 anos com uma pistola, quase 30 munições, dinheiro, um caderno com anotações da movimentação do tráfico e várias embalagens para comercializar drogas,…