Por pbagora.com.br

O advogado Aécio Farias Filho, que defendia Leon Nascimento por crimes antigos, ao tomar conhecimento do acordo de colaboração premiada, deixou a defesa do acusado de ser o executor do ex-prefeito Expedito Pereira.

Leon Nascimento negava a acusação, porém, segundo fontes, fez acordo de delação premiada com o Ministério Público. Procurado, o advogado Aécio Farias foi de poucas palavras: “Não defendo delator”.

Expedito Pereira foi prefeito de Bayeux por 04 mandatos, deputado estadual e vereador. Foi assassinado no dia 09 de dezembro com dois disparos de arma de fogo, no bairro de Manaíra, em João Pessoa.

 

Redação

Notícias relacionadas

PRF apreende motocicleta adulterada no agreste paraibano

A moto possuía placa com indícios de fabricação manual. A ação ocorreu no município de Lagoa de Roça, na Paraíba A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba recuperou, na manhã desta…

Polícia captura foragido da Justiça acusado de estupro

A Polícia Militar capturou mais um foragido da Justiça na Paraíba, que estava sendo procurado pelo crime de estupro. A prisão do acusado aconteceu na manhã desta terça-feira (26), no…