A polêmica em torno do acidente que resultou na morte do pedreiro Walmir Pedro de Brito, de 43 anos, continua, pois a defesa do casal acusado de causar o atropelamento, feita pelo advogado Genival Veloso, bateu-boca, com o radialista Emerson ‘Môfi’ durante seu programa radiofônico.

Segundo o advogado ele ainda está tomando conhecimento do caso.

“O que eu posso adiantar é que era ela, mesmo que vinha dirigindo e isso não há mais nenhuma dúvida e não adianta ficar especulando isso Mofi, por que isso é maldade”, disse Genival Veloso.

Em rebate o jornalista indaga de quem seria a maldade alegada. Para Genival Veloso, a maldade viria da imprensa. “O seu trabalho é nessa condição de fazer essa pressão toda”.

O repórter destacou, porém, que só estaria noticiando o fato, pois houve a morte de um pai de família. Veja o desenrolar da discussão no link:

Redação

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Polícia Militar prende suspeitos de assaltar loja no José Américo

A Polícia Militar prendeu os três suspeitos que participaram do assalto a uma loja de materiais de construção, no começo da tarde desta sexta-feira (24), no bairro do José Américo,…

Mulher morre após ser atingida por tiros em Patos, no Sertão da Paraíba

Uma mulher de 27 anos morreu após ser atingida por tiros na noite de sexta-feira (24), no município de Patos, no Sertão da Paraíba. De acordo com a Polícia Civil,…