Por pbagora.com.br

O promotor de Justiça Ronaldo José Guerra, da Promotoria de Justiça de Cabedelo, enviou ofício à Câmara de Vereadores do município dando o prazo de 20 dias para que a entidade envie ao órgão ministerial a lista completa dos vereadores que foram afastados na Operação Xeque Mate e os números de seus procedimentos administrativos disciplinares (PAD´s).

De acordo com o promotor, o envio dos documentos citados é necessário para “analisar as conclusões a que chegaram os processos administrativos disciplinares (PAD’s), instaurados na Câmara de Vereadores de Cabedelo, relativos aos vereadores afastados do mandato na Operação Xeque-Mate”.

Com a conclusão dos processos em mãos, o promotor poderá denunciar os ex-vereadores por improbidade administrativa.

 

PB Agora

Notícias relacionadas

Polícia encerra festa com aglomeração de pessoas na cidade de Bayeux

Uma festa que estava promovendo aglomeração de pessoas foi encerrada pela Polícia Militar, no início da noite deste sábado (10), no bairro Jardim Aeroporto, em Bayeux. Durante a realização de…

Opinião: de Julliete a Marcelo Queiroga, a Paraíba assume o “protagonismo” nacional

O Brasil é um país que está de “graça”. Atolado nas desgraças, apelando para as graças de Deus. Tem ele um presidente da República que faz graça do povo, o…