Por pbagora.com.br

O ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Sebastião Reis Júnior, indeferiu o pedido de liminar impetrado pelo vice-prefeito afastado de Bayeux, Luiz Antônio (PSDB), para retornar à prefeitura da cidade.

O tucano tentava reverter a decisão da Justiça paraibana que acolheu um pedido do Ministério Público e determinou seu afastamento da prefeitura por 180 dias com base em um vídeo em que ele é flagrado pedindo dinheiro a um empresário.

O relator da matéria, desembargador Arnóbio Teodósio, considerou que o afastamento defendido pelo Ministério Público é necessário para poder minimizar a possibilidade de utilização indevida das prerrogativas ou vantagens de sua função.

Nesta quarta-feira (4), os vereadores de Bayeux vão decidir se cassam ou não o mandato de Luiz Antônio.

Com o afastamento dele, quem assumiu a prefeitura foi o presidente da Câmara Municipal, Noquinha, já que o prefeito eleito, Berg Lima, foi afastado de suas funções por ter sido flagrado recebendo propina de um empresário.

 

Redação com Paraibajá

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Ruy Carneiro propõe criação da Casa da Mulher Pessoense

Combate à violência contra a mulher está entre as principais pautas do pré-candidato Ruy Carneiro para o segmento feminino. Em conversa com grupo de mulheres nesta quarta-feira (23), Ruy falou…

Ruy defende campanha sustentável, sem comício, aglomeração ou carreatas

Às vésperas do início da campanha eleitoral, que começa oficialmente no domingo, o pré-candidato Ruy Carneiro defendeu que não sejam realizados comícios nem carreatas, com o objetivo de evitar aglomerações…