Por pbagora.com.br

 O vereador Felipe Leitão (SDD) declara que ficou constatado na
audiência pública de ontem que a oposição não teve muito o que reclamar e
questionar do secretário municipal de saúde, Adalberto Fulgêncio, e,
consequentemente, do prefeito Luciano Cartaxo (PT). “A postura da abancada
de oposição é natural e legitima. Mais pelo o que o secretário vem
realizando na área de saúde nós não podemos deixar de reconhecer e
comemorar. A saúde vem melhorando a cada dia. E não podemos reclamar e
fazer oposição só por fazer”, avalia.

 

Segundo ele, é claro e visível os avanços que estão ocorrendo
no setor devido ao comprometimento do secretário Adalberto e do prefeito
Cartaxo. “Melhorar os serviços neste setor é uma das principais prioridades
desta atual gestão. E a população tem notado isso e vem reconhecendo”,
ressalta. Para Felipe, é muito complicado fazer oposição apenas para tentar
desmontar um discurso verdadeiro e transparente que na prática reflete a
realidade, nua e crua.

 

Na sua opinião, a oposição na Casa tem todo o direito de cobrar
e também de reconhecer, quando for o caso, as ações e investimentos que são
realizados, com transparência e responsabilidade, pelo prefeito, através da
Secretaria Municipal de Saúde, para melhorar a qualidade dos serviços de
saúde que são oferecidos à população, principalmente aos moradores das
comunidades mais carentes da Cidade. “Hoje a saúde na nossa cidade é uma
realidade completamente diferente de épocas passadas”, garante.

 

Felipe Leitão entende que a presença do secretário Adalberto
Fulgêncio na Câmara para debater e esclarecer qualquer questionamento sobre
a pasta demonstra, mais uma vez, que o prefeito não tem o que esconder,
está preocupado em melhorar o setor e considera o Poder Legislativo como
uma ferramenta importante para que a sociedade possa cobrar seus direitos e
melhorias. “O secretário vem trabalhando muito. Nunca se negou em prestar
qualquer tipo de informação. E a cobrança da oposição é importante porque
faz com que o governo corrija os pequenos erros e avance ainda ais”,
observa.

Redação

Notícias relacionadas

Covid: Paraíba registra a menor taxa de ocupação de leitos desde o início de março

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (19), 904 casos de Covid-19. Entre os confirmados hoje, 37 (4,09%) são casos de pacientes hospitalizados e 867 (95,90%) são…

Campanha da CMJP projeta mensagens de alerta sobre a Covid-19 em pontos de JP

A Câmara Municipal de João Pessoa iniciou nesta segunda-feira (19), uma campanha de alerta aos cuidados de prevenção ao coronavírus, através da projeção de mensagens em prédios e pontos estratégicos…