A Paraíba o tempo todo  |

UFPB abre 15 vagas para projeto que vai construir veículo elétrico

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Você já pensou na possibilidade de aplicar na prática os conceitos de engenharia, tecnologia e gestão vistos em sala de aula e de quebra construir um veículo elétrico? Pensando nisso, o projeto de extensão “Fórmula E-motion”, do Centro de Energias Alternativas e Renováveis (CEAR) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), abriu edital para processo seletivo de 15 novos voluntários. Os interessados devem se inscrever até a próxima segunda-feira (30), por meio de formulário eletrônico.

Para participar, o estudante deve possuir matrícula ativa na UFPB; ter disponibilidade de 20h semanais para atender às demandas do projeto; dispor de meios eletrônicos para comunicação como e-mail, WhatsApp e Facebook; e pertencer a qualquer curso da UFPB.

Durante a inscrição, os candidatos devem escolher entre as oito subequipes (Estrutura, Transmissão, Freio, Suspensão, Potência, Eletrônica, Sensoriamento e Marketing) que estão divididas entre as áreas de Mecânica, Elétrica e Administração.

A seleção conta com três etapas. A primeira é a entrevista entre os dias 3 e 6 de setembro. A segunda, será a dinâmica, no dia 11 de setembro, e a terceira, por sua vez, é o Trainee, processo que terá duração máxima de um mês e que acontece entre os dias 13 de setembro e 13 de outubro. Todo o processo ocorrerá de forma remota.

“As etapas servem para os avaliadores conhecerem os candidatos e para que eles demonstrem suas habilidades em resolver problemas, trabalho em equipe, liderança e tomada de decisões”, explicou o coordenador do projeto, Prof. Euler Macedo.

O resultado será divulgado pelas redes sociais digitais (Instagram e Facebook) do Fórmula E-motion UFPB no dia 15 de outubro. Após a construção do veículo, o grupo participará da competição Fórmula SAE, uma competição estudantil organizada pela Society of Automotive Engineers, que deve ocorrer no município de Piracicaba, em São Paulo, com data a ser definida.

Segundo o Prof. Euler Macedo, o projeto é um exemplo da tendência mundial de eletrificação dos veículos, onde vários países vão deixar de produzir carros a combustível interno – os mais usados atualmente – para produzir apenas veículos elétricos.

Ele destaca que, ao ingressar na extensão, o aluno saíra diferenciado para o mercado. “Já tivemos vários alunos que hoje atuam em grandes empresas multinacionais na área de mobilidade. No projeto, eles vão atuar, gerenciar e trabalhar de forma organizada, no que chamamos, atualmente, de soft skills (habilidades comportamentais que um indivíduo possui na condução de suas atividades diárias)”, destacou o Prof. Euler.

A equipe Fórmula E-motion UFPB foi fundada em 2014, por meio de parceria entre os discentes dos cursos de Engenharia Mecânica e Elétrica. Mais informações sobre a seleção podem ser obtidas no site do projeto.

PB Agora

CONTEÚDO CONTINUA APÓS PUBLICIDADE
    VEJA TAMBÉM

    Comunicar Erros!

    Preencha o formulário para comunicar à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta matéria do PBAgora.

      Utilizamos ferramentas e serviços de terceiros que utilizam cookies. Essas ferramentas nos ajudam a oferecer uma melhor experiência de navegação no site. Ao clicar no botão “PROSSEGUIR”, ou continuar a visualizar nosso site, você concorda com o uso de cookies em nosso site.
      Total
      0
      Compartilhe