As Normas de Auditoria Governamental (NAGs) aplicáveis ao controle externo brasileiro serão o tema de palestra a ser realizada na próxima segunda-feira (07), às 14h, no Plenário Ministro João Agripino, para os servidores do Tribunal de Contas da Paraíba. O encontro terá como facilitador o conselheiro vice-presidente do TCE-BA, Inaldo da Paixão Santos Araújo, que é coordenador do Grupo de Normas e Auditoria Governamental do Promoex.

 

O conselheiro Nominando Diniz coordena o evento no TCE. Ele preside a comissão composta por seis auditores de contas públicas, que foi criada por meio da portaria 096/2013, assinada pelo presidente do Tribunal de Contas da Paraíba, conselheiro Fábio Nogueira para estudar a adesão e a implementação das Normas de Auditorias Governamentais, no âmbito do Tribunal de Contas da Paraíba.

 

A adoção das normas de auditoria governamental visa estabelecer um padrão nacional de atuação das diversas equipes de trabalho de cada Tribunal de Contas, baseado na prática e diretrizes de auditoria de diversas instituições internacionais e nacionais. As NAGs definem os princípios básicos que devem reger as atividades de auditoria governamental, fornecendo subsídios que permitem determinar os procedimentos a serem utilizados no planejamento, na execução das auditorias e na elaboração dos relatórios e monitoramentos.

 

O projeto das NAGS é recomendado pelo Instituto Rui Barbosa (IRB), Coordenação do Programa de Modernização o Sistema de Controle Externo dos Estados e Municípios Brasileiros (PROMOEX), Associação dos Membros dos Tribunais de Contas (ATRICON), Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios (ABRACOM), com apoio do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

 

O palestrante, conselheiro Inaldo da Paixão Santos Araújo, é mestre em contabilidade, Auditor concursado do TCE-BA, foi nomeado conselheiro em 2012. Atua também como professor universitário, tendo publicado diversos livros na área de contabilidade. É membro do grupo de trabalho do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) que elaborou as Normas Brasileiras de Contabilidade aplicadas ao Setor Público e coordenador do Grupo de Trabalho constituído pelo Instituto Rui Barbosa (IRB) que elaborou as Normas de Auditoria Governamental (NAGs).



TCE

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Justiça acata denúncia contra sete pessoas pela compra do mandato de Luceninha

A juíza da 3ª Vara Mista de Cabedelo, Giovanna Lisboa Araújo de Souza, recebeu a petição inicial apresentada pelo Ministério Público estadual nos autos de uma Ação Civil de Improbidade…

João Azevêdo vai a Brasília para “destravar empréstimos” para a Paraíba, nesta terça

O governador Azevêdo participa, nesta terça-feira (28), de reuniões no Ministério do Desenvolvimento Regional, na Funasa e no Tesouro Nacional, em Brasília, com o objetivo de destravar os empréstimos que…