O pedido da defesa do irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, para a retirada da tornozeleira eletrônica imposta como Medida Cautelar aos investigados no âmbito da Operação Calvário, foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), nessa quarta-feira (11).

O pedido de retirada também foi indeferido para o ex-governador Ricardo Coutinho e a prefeito de Conde, Márcia Lucena.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Secretário de Saúde da PB desaprova retorno gradativo das atividades e teme colapso

Preocupado com a possibilidade de retorno gradativo das atividades econômicas nas principais cidades da Paraíba, João Pessoa e Campina Grande, o secretário da Saúde da Paraíba, Geraldo Medeiros, não viu…

SES confirma 15° caso de Covid-19 na PB; 12 óbitos estão em investigação

A  Secretária de Estado da Saúde (SES) confirmou que número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19) na Paraíba subiu para 15. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta…