O pedido da defesa do irmão do ex-governador Ricardo Coutinho, Coriolano Coutinho, para a retirada da tornozeleira eletrônica imposta como Medida Cautelar aos investigados no âmbito da Operação Calvário, foi negado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), nessa quarta-feira (11).

O pedido de retirada também foi indeferido para o ex-governador Ricardo Coutinho e a prefeito de Conde, Márcia Lucena.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Após repercussão negativa, Hulk lamenta recebimento de auxílio por irmãs, em CG

Em nota encaminhada a imprensa nesta quarta-feira (1º), o milionário jogador paraibano Hulk lamentou o recebimento do auxílio emergencial por parte de suas duas irmãs, que são empresárias, e que…

PSL e PRTB batem o martelo e vão marchar juntos na disputa da PMJP

O deputado federal, Julian Lemos (PSL), e o deputado estadual, Eduardo Carneiro (PRTB), decidiram marchar juntos nas eleições deste ano na Capital. A reunião que selou a união foi decidida…