O coordenador do Sistema Público Municipal de Emprego, Trabalho e Renda, Sine de Campina Grande, Hércules Lafite, faz um balanço positivo das atividades desenvolvidas neste ano. Foram 2.491 atendimentos a trabalhadores, sendo encaminhadas para as entrevistas de emprego 2.297 pessoas e colocados no mercado de trabalho 1.046 trabalhadores.

O Sistema Nacional de Emprego (Sine) é um órgão do governo federal, coordenado pelo Ministério da Economia, por intermédio da secretaria especial de Produtividade, Emprego e Competitividade.

Criado com o objetivo de fazer a unificação de mão-de-obra, através de suas agências instaladas por todo o país, controlar o pagamento do seguro-desemprego e apoiar o Programa de Geração de Emprego, Trabalho e Renda (PROGER), até este ano o Sine era responsabilidade do Ministério do Trabalho, que foi incorporado ao Ministério da Economia.

Durante este ano, o Sine Municipal promoveu uma série de capacitações, por meio de parcerias com a indústria TESS, Faculdade Rebouças, Escola Grau Técnico e a UNINASSAU.

Em março foi realizada a Semana da Mulher, dirigida, especificamente, às mulheres desempregadas e aquelas que estavam à procura do primeiro emprego. Atendendo a orientação do Ministério da Economia.

As capacitações da Semana da Mulher abordaram temas como: preparação de currículos; como se comportar em uma entrevista; como aumentar a autoestima; a empregabilidade feminina; a mulher no mercado de trabalho e empreendedorismo. Participaram desta semana 80 mulheres e todas receberam certificados.

Já a Semana de Trabalhador aconteceu em maio. O projeto teve por finalidade contribuir para a qualificação da população, a partir da visão empreendedora de trabalhabilidade, oferecendo palestras e minicursos em diversas áreas de formação para favorecer o desenvolvimento de competências e a trabalhabilidade do público interessado.

Trabalhabilidade é a capacidade de adaptação e de geração de renda a partir de habilidades pessoais. A trabalhabilidade refere-se à capacidade de gerar trabalho, mais além do emprego. É como a pessoa se vê produzindo economicamente, seja como empregado, consultor, empreendedor, enfim, todas as múltiplas formas de trabalho. A trabalhabilidade amplia o conceito de empregabilidade para outras fontes de renda e possibilidades de trabalho, porque o emprego tem limitações e não deve ser encarado como única opção. Foram capacitados 180 trabalhadores.

Através de parceria com a Faculdade Rebouças e a Escola Estadual de Áudio Comunicação (EDAC) o projeto Sine Capacitando CG ofereceu as seguintes capacitações: Curso de Fabricação de Bolos para 20 surdos, Curso de Oratória, com 80 concluintes e Curso de Excelência em Vendas, que contou com a participação de 130 trabalhadores.

O Projeto Komunidade Profissão, da indústria TESS, recebeu total apoio do Sine e durante o ano foi realizada uma série de capacitações, encerrando com o Curso de Empreendedorismo. Participaram de todas as atividades 240 trabalhadores.

O projeto social Komunidade Profissão tem como objetivo a garantia de acesso à capacitação profissional para ampliação das oportunidades de emprego para pessoas de baixa renda.

Em Campina Grande, o Sine Municipal está localizado na rua Santa Clara, às margens do Açude Novo, telefone 3342.1486. O coordenador, Hércules Lafite, informa aos trabalhadores que, em fevereiro de 2020, o Sine vai iniciar um novo calendário de capacitações.

PB Agora

Deixe seu Comentário
Notícias relacionadas

Covid-19: GEVISA publica orientações para velórios em Campina Grande

A Gerência de Vigilância Sanitária de Campina Grande – GEVISA publicou, esta semana, uma Nota Técnica com orientações para os serviços funerários no contexto da Covid-19 na cidade. O documento…

Filho de dono da TV Cabo Branco testou positivo para Covid-19; PB tem 7 mortes

A irmã do ex-vereador Tavinho Santos, que faleceu nesta quarta-feira (8), também testou positivo O Governo da Paraíba, através da Secretaria de Estado da Saúde, divulgou boletim na noite desta…